Internet = vício dos tempos modernos

ijunkie

Há alguns anos, fui viciada em televisão. Eu cozinhava, limpava a casa e até dormia com o som da televisão. Pra mim, o som da televisão era muito confortante, mas ao mesmo tempo, ficava incomodada com esse excesso. E aos poucos fui me desligando, tanto que hoje, quase não ligo a televisão.

Faz alguns meses que percebi que a televisão não me fez falta porque transferi o vício para a internet. Quando percebo, já fiquei 4 horas navegando na internet.

Ao invés de aproveitar o final do dia de uma forma tranquila, acabo perdendo hora na internet.

Esse fim de semana, viajei para o interior para encontrar alguns amigos. O tempo passou bem devagar e deu a impressão de que vida no interior é mais “tranquila”.

A diferença é que não liguei a televisão uma única vez, nem acessei a internet de uma forma descontrolada. Encontrei amigos, fizemos churrasco, passeamos.

Em São Paulo, sinto que somos engolidos pela rotina e pelo trânsito. Quando se vê, acabou o dia. Quando se vê, acabou a semana e o mês.

Eu e meu marido conversamos ontem de que o primeiro passo é não justificar a forma de vida que levamos por morar em São Paulo. Podemos sim ter uma vida mais tranquila mesmo morando na cidade mais populosa do Brasil.

Sei que tudo é um processo e que toda mudança de hábito exige um esforço muito grande para quebrar qualquer tipo vício, mas estou disposta a tentar mudar mais uma coisa em mim: o excesso em internet.

~ Yuka ~

Anúncios