Utilizando bandejas para organizar a bagunça 

Não tem jeito…

Alguns lugares da minha casa continua sempre bagunçado. Eu me esforço para manter arrumado, mas depois de alguns dias volta tudo outra vez.

Pra sanar esse problema de uma vez por todas, eu comprei algumas bandejas em MDF para espalhar pelos cômodos da casa. São eles:

  • Para organizar a pia do banheiro
Pia do banheiro - ANTES
Pia do banheiro – ANTES
Pia do banheiro - DEPOIS
Pia do banheiro – DEPOIS
Pia do banheiro - DEPOIS
Pia do banheiro – DEPOIS
  • Para organizar a bagunça do “aparador
Aparador - ANTES
Aparador – ANTES
Aparador - DEPOIS
Aparador – DEPOIS
  • Para organizar os remédios de uso diário que ficam em cima da mesa
Remédios - ANTES
Remédios – ANTES
Remédios - DEPOIS
Remédios – DEPOIS
  • Para organizar a bagunça do criado-mudo
Criado-mudo - ANTES
Criado-mudo – ANTES
Criado-mudo - DEPOIS
Criado-mudo – DEPOIS

~ Yuka ~

Anúncios

Truques para aproveitar e organizar espaços da casa com um bebê pequeno

Oi pessoal!

Como passaram o Dia dos Pais? Meu marido passou o primeiro dia como pai, foi bem legal.

Vocês sabem que por enquanto ainda continuo no meu apartamento de 1 dormitório. O espaço está ficando pequeno a cada dia que passa, e já estou procurando um apartamento de 2 dormitórios em algumas imobiliárias, mas sem pressa. Se eu conseguir me mudar no ano que vem, estarei feliz.

Com a chegada de uma bebê, tive que pensar muito de que forma reorganizaria a nossa casa e como iria acomodar o berço, a banheira, o carrinho, as roupinhas, as fraldas entre todas as outras coisas que vem junto com um bebê.

Aqui em casa, tudo ainda está em constante mudança e adaptação, mas já dá para mostrar um pouco de que forma organizamos os espaços para que o lugar onde eu moro não parecesse um campo de guerra.

O mais importante é que quando era possível, pedia os presentes em cores neutras como bege, cinza claro e branco, para não causar poluição visual e não brigar com as cores da casa.

BANHEIRO

No banheiro, precisava colocar um item razoavelmente grande: a banheira.

Pedi uma banheira branca que tivesse as bordas retas porque eu tinha um objetivo: pendurar na parede…

bebe_banheiro1Fiz um furo na borda da banheira e coloquei um parafuso na parede dentro do box. Assim pude deixar a banheira pendurada sem ocupar o espaço do chão.

bebe_banheiro2SALA

Eu adoro assistir filme deitada, mas não tenho um sofá grande nem televisão no quarto. Por isso comprei um colchonete de casal e ‘escondi’ atrás da cortina (tudo bem que não está tão escondido, mas foi o lugar que achei, por enquanto).

bebe_colchão1Ficou fácil de usar, fácil de guardar. E guando a minha bebê aprender a rolar e engatinhar, posso deixar esse colchonete aberto com alguns brinquedos.

bebe_colchão2QUARTO

Como a nossa filha compartilha o quarto comigo e com o meu marido, escolhi tudo na cor branca: berço, colchão, lençóis. O que não era branco, simplesmente pintei de branco. As cores virão nos detalhes, como na manta, no cobertor, nos brinquedos.

bebe_berço1Também não coloquei itens muito decorativos ou volumosos no berço como tela mosquiteiro ou kit berço.

Como há um espaço considerável embaixo do berço, optei por aproveitar para colocar 3 caixas organizadoras para guardar as mantas e cobertores que ocupavam bastante volume na cômoda, e também alguns pacotes de fralda.

bebe_berço2Nas prateleiras acima do berço, comprei 4 caixas de madeira, só que a cor não combinou, já que era um tom de madeira. Não tive dúvidas e pintei de branco. Como a caixa é vazada, os objetos ficavam aparentes criando uma poluição visual. Costurei um saco usando um tecido bege para colocar dentro dessa caixa. Vocês podem acompanhar melhor neste post.

cesto organizado 4

cesto organizado 3As roupas da minha filha ficaram dentro do guarda-roupa, mais especificamente na parte onde pendurava as minhas calças. Comprei cabides para roupa infantil e pendurei as roupinhas, pois fica mais fácil visualizar os tamanhos e corro menos risco de perder alguma roupa, já que bebês crescem muito rápido.

Ah, como eu tenho uma máquina de lavar roupa que lava e seca, tenho quantidade reduzida de roupinhas.

Os inúmeros pacotes de fralda que ganhei, tiveram que ser separados por tamanhos, pois seria usado em períodos diferentes (como expliquei neste post).

As fraldas tamanho P estão embaixo do berço, dentro da caixa organizadora, pois assim fica fácil de pegar (o pacote aberto fica dentro da gaveta da cômoda).

bebe_berço3As fraldas tamanho M estão dentro do guarda-roupa. A previsão de uso é a partir dos 3 meses até completar 8 meses.

bebe_fraldaMAs fraldas tamanho G e GG foram ensacadas e guardadas em cima do guarda-roupa, já que a previsão de uso é a partir dos 9 meses. Quando terminar de usar as fraldas tamanho M que estão dentro do guarda-roupa, pretendo descer as fraldas G para este espaço.

bebe_fraldaGOutra coisa que estou fazendo é somente comprar as coisas que preciso no momento em que irei utilizar. Por exemplo, só vou comprar o cadeirão, os pratos e talheres infantis quando minha filha começar a incluir outros alimentos além de leite materno. Isso poupa bastante espaço em casa, pois não deixo objetos guardados por 6 meses, 1 ano sem usar.

Eu evito comprar por impulso para não bagunçar a casa, lembrando sempre da frase “menos é mais”.

~ Yuka ~

DIY Organizando o quarto utilizando cestos / caixas

Para organizar meu quarto, queria colocar algumas caixas em cima da prateleira para dar uma camuflada na bagunça. Para não errar na hora da compra, eu já tinha o tamanho da prateleira anotado no meu celular e sempre andava com uma trena na minha bolsa.

E passeando em uma loja, vi que estas caixas estilo “caixa de feira” estavam na promoção e resolvi comprar 4 destes cestos organizadores.

Só que ao colocar na prateleira, vi que não combinou nem um pouco, pois o meu quarto tem um tom de branco.

cesto organizado 1

Com uma tinta branca que eu já tinha em casa, resolvi pintar só a parte de fora das caixas (porque se eu pintasse a parte de dentro, teria que comprar mais tinta).

Achei que ficou melhor do que na cor original, só que ainda tinha um problema… Como o cesto é vazado, aparecia pelas fendas tudo o que eu colocava.

cesto organizado 2

Decidi costurar uns sacos para tentar esconder a “bagunça” dentro dos cestos. Como estes cestos não têm tampa, costurei um quadrado extra pra deixar forrado como se fosse uma tampa pra não pegar poeira.

cesto organizado 3

E aqui está como ficou o resultado final. Fiquei bem satisfeita 😀

Antes e depois:

cesto organizado 4

Guardo nestas caixas pacote de papel higiênico, lenço umedecido, pacote de algodão e outras miudezas.

~ Yuka ~

Como montar um atelier sem gastar muito

No post anterior, eu mostrei como é o meu pequeno atelier.

Nest post, resolvi explicar como montei um atelier sem gastar muito dinheiro.

A primeira coisa que fiz foi medir tudo com fita métrica todo o espaço disponível que eu tinha, como a distância entre as paredes, o tamanho do varão que eu deveria comprar, enfim, tudo mesmo.

Para facilitar essa etapa, eu gosto de usar o aplicativo de celular (gratuito) chamado Measures. Ele permite tirar fotos e acrescentar as medidas na própria foto, criando pastas. É ótimo.

Photo-Measures-App-150x150

PhotoMeasures-app

Depois esvaziei a escrivaninha, limpei as gavetas e o coloquei móvel na sala.

A partir disso fui recolocando os objetos do atelier pouco a pouco, e sempre tirava fotos para que eu pudesse analisar “com olhos de visitante” como estava ficando: se bagunçado ou colorido demais. Pode soar estranho, mas acredito que quando olho a decoração da minha casa através de uma lente de uma máquina fotográfica, consigo identificar mais fácil se a decoração está ficando boa ou se está muito bagunçada.

Depois fui comprar o varão na loja Daiso (paguei R$6,90), já sabendo o comprimento exato do varão que eu iria precisar.

atelie2

Eu já tinha os ganchos em S (como mostrei aqui), e trouxe-os para o atelier e pendurei as minhas tesouras. Bordei a frase “home is wherever i am with you” em um tecido, prendi no bastidor e pendurei como um quadro com um gancho autocolante.

atelie2_1

Outra coisa além da tesoura que eu resolvi expor foram as amostras de tecido. Eu tenho mania de toda vez que compro algum tecido, recortar uma amostra no tamanho 10x10cm e guardar para posterior consulta. Acho tão útil estas amostras, que separo por cores. Quando preciso repor algum tecido, levo a amostra para a loja, pois assim o vendedor consegue me atender rápido.

atelie2_2

As coisas miúdas que deixavam um ar de bagunça no atelier, foram “escondidas” nas caixinhas transparentes. Só que ao tirar foto desta etapa, percebi que ainda continuava com ar bagunçado. Por isso acrescentei um papel verde-água de scrapbook (para combinar com a capa da máquina de costura que eu tinha feito) na frente de cada uma das caixinhas para ocultar as miudezas e dar um aspecto mais clean.

atelie6

atelie3

Outra coisa que eu queria deixar exposto eram as linhas de costura. Mas todo organizador que eu encontrava para comprar ou eram muito grandes, ou muito pequenos. E eu queria um do tamanho exato para a parte superior da escrivaninha. P jeito foi fazer um utilizando uma placa de isopor, uma placa de plástico branco e palitos para fazer pipa que comprei em uma papelaria.

Captura de Tela 2015-02-03 às 17.48.08

Para dispor os tecidos para costura, dobrei todos os tecidos que eu tenho na mesma largura e altura, e guardei nas gavetas ordenando por gradação de cores.

atelie4

atelie7

atelie8

E foi isso. Gastei muito pouco pra montar um cantinho de costura pra mim.

~ Yuka ~

Como organizar um pequeno atelier (craft room)

Com a chegada da minha pequena bebê se aproximando, alguns móveis da casa tiveram que ser trocados de lugar para acomodar melhor a mais nova integrante da família.

Para colocar o berço no quarto de casal, o meu pequeno ateliê teve que ser transferido para a sala e compartilhar o espaço entre a TV, o sofá e a mesa de jantar. Tive que abrir mão também de uma cômoda onde guardava todos os meus tecidos, pois agora a cômoda será utilizada para guardar as roupas da minha filha.

A escrivaninha onde eu faço meus artesanatos e costuras, foi carinhosamente acomodada no cantinho da sala e apesar do atelier ter diminuído ainda mais de tamanho, o espaço ficou bem otimizado, organizado e funcional.

Para deixar o atelier organizado, gastei muito pouco. Basicamente comprei só o varão para pendurar amostras de tecidos e tesouras. O resto foi tudo aproveitado com as coisas que eu já tinha em casa.

Veja como ficou:

atelie1

atelie2

atelie3

atelie4

atelie5

atelie6

~ Yuka ~

Como organizar a sua despensa

Eu já organizei várias vezes a minha despensa, mas nunca consegui mante-la organizada.

E para ter uma despensa organizada e principalmente, manter organizada, descobri a importância de focar nos seguintes detalhes:

– ter a visualização de todos os produtos;

– a retirada dos mantimentos deve ser fácil;

– fácil de repor os mantimentos depois de ir ao supermercado;

– todos da família precisam entender como está disposto os mantimentos na despensa.

Pensando nisso, segui os passos:

1.) Esvaziar todo o armário e dar uma boa limpada:

IMG_4169_

2.) Tive em mente de que as coisas que mais uso, deveriam ficar nas prateleiras do meio (prateleiras B, C e D). E as coisas mais pesadas, como caixas de leite, deveriam ficar na última prateleira (prateleira E).

IMG_4169

3.) Coloquei nas prateleiras C e D os mantimentos que guardo nos potes de vidro.

Na prateleira C, coloquei itens de mercearia que tem uso mais imediato, como o café, açúcar refinado, açúcar mascavo, aveia, crouton e uva passa. Mais no fundo, guardei fubá, farinha de trigo, farinha integral, farinha de rosca, milharina, maisena, milho para pipoca e sal.

IMG_4186

Na prateleira D, coloquei itens de mercearia que precisam de algum preparo ou cozimento, como o arroz, arroz japonês, arroz para risoto, arroz integral, feijão, macarrão, trigo para kibe, trigo de arroz e grão de bico.

IMG_4187

4.) Na prateleira E, como a altura é maior, coloquei uma prateleira para aproveitar melhor o espaço. Na parte superior, coloquei itens de reposição dos mantimentos da prateleira C e D, principalmente dos itens que uso com frequência, como açúcar e farinha.

E na parte debaixo, coloquei as caixas de leite e os temperos para salada (dentro do cesto: vinagre, vinagre balsâmico, vinagre temperado (ensinei a fazer aqui), azeite, óleo, óleo de gergelim e mel).

IMG_4188

5.) Sobraram as prateleiras A e B.

Na prateleira B, coloquei itens de uso mais frequente que são os doces e comida japonesa.

Na parte de doces, coloquei num cesto o leite condensado, achocolatado em pó, chocolate em pó, granulado de chocolate, leite de coco, coco ralado e chá. E não dá para ver direito na foto, mas no fundo desse cesto, tem uma outra caixa onde guardei forminhas para brigadeiro e cupcake.

IMG_4183

Na parte da comida japonesa, utilizei também um cesto, mas também coloquei as divisórias (comentei neste post aqui).

IMG_4184

6.) E finalmente, na prateleira A, coloquei itens enlatados, lembrando sempre de colocar os produtos mais novos atrás dos que já tínhamos na despensa (veja na foto este exemplo na lata de ervilha, milho e creme de leite).

IMG_4181

7.) No final, a despensa ficou organizada desta forma:

IMG_4180

8.) Depois de organizadas, todas as prateleiras e os potes de vidro foram etiquetados com a rotuladora.

~ Yuka ~

Organizando rolos de papel-alumínio, papel-manteiga, etc.

Eu nunca soube direito como guardar os rolos de papel-aluínio, papel-manteiga, filme de PVC, etc. O ideal é ter uma gaveta para guardar esses rolos, mas em casa não tem. As únicas 2 gavetas que tenho em casa são para guardar talheres e colheres de pau, escumadeira, etc.

Daí achei essas coisinhas que servem como “porta-tudo”, na loja Daiso. Como vem com ventosas, nem estrago a geladeira.

geladeira

Já uso dessa forma há pelo menos 1 ano e nunca caiu 🙂

~ Yuka ~