DIY do meu casamento íntimo (mini-wedding)

Quando meu marido me pediu em casamento, eu sabia que seria um casamento íntimo, ou como dizem, que eu faria um mini-wedding.

Fazer um casamento grande nunca esteve nos meus planos. Por isso mesmo, procurei por um lugar que fosse pequeno e ao mesmo tempo aconchegante para realizar uma mini-cerimônia.

Depois de muito procurar, encontrei um lindo bistrô francês, onde o dono, apesar de nunca ter realizado um casamento no restaurante dele, gentilmente concordou em oferecer o espaço e todo o serviço da sua casa.

Foram 35 pessoas muito queridas que foram convidadas. Um dia inesquecível e memorável para mim.

Até o grande dia chegar, eu havia feito diversos orçamentos das lembrancinhas, caixas para doces, decoração… só que das duas uma: ou o acabamento era bem ruim ou era muito caro.

Como eu tenho habilidades manuais, confeccionar as lembrancinhas (e mais outras coisas) se tornou a grande diversão.

Aqui, vou compartilhar um pouco as coisas que eu fiz para o casamento. Peço desculpas por não ter o passo-a-passo. Eu até tinha as fotos, mas meu notebook andou pifando e eu perdi algumas fotos, dentre elas, a pasta que guardava as fotos para o blog. Bom, paciência… Vou tentar descrever o que eu fiz.

O bolo

mini wedding bolo buquê.png

Eu tinha uma foto de um bolo que gostava muito (tem post aqui). Pequena e delicada, era essa a ideia que eu queria para o meu casamento. Como eu queria um bolo de 2 andares, levei a foto até uma confeiteira especializada em bolos de casamento para reproduzi-lo.

mini wedding bolo.pngDentro do bolo, ainda tinha uma surpresa. As camadas do bolo eram em degradê, coisa mais linda, ficou lindo e delicioso.

O buquê

Eu e a minha mãe fizemos o buquê juntas. Encomendamos um maço de flores na floricultura do bairro uma semana antes do casamento.

mini wedding buquê

Lista de presença

mini wedding lista de presença.png Ao invés de fazer a tradicional lista de presença, fizemos uma lista com as digitais dos convidados.

Eu comprei papel com gramatura mais alta e desenhei uma árvore com uma canetinha preta de ponta fina (na internet há vários modelos para copiar). Comprei 3 almofadinhas para carimbo nas cores rosa bebê, rosa e lilás. Cada convidado que chegava no bistrô, carimbava o dedo neste papel e colocava seu nome em cima da sua digital. Depois, enquadrei para decorar a nossa casa.

Decoração da mesa com xícara de flores

mini wedding decoração mesa
Essas xícaras foram a maior sensação da festa. Várias pessoas vieram me pedir para levar por-favor-pelo-amor-de-Deus para casa (tem post aqui). Só que eu já tinha combinado que eu daria o jogo de xícaras de presente para a minha sogra e também para a minha mãe. Me deixa muito feliz quando vou para a casa das duas e vejo essas xícaras sendo usadas.

Cadeira para marcar o lugar à mesa

mini wedding mini cadeira

Comprei as cadeiras em MDF na cor natural e pintei com tinta spray branca (tem post aqui). Depois foi só colocar um laço de cetim, uma pérola para dar charme, e o nome do convidado.

Convite de casamento

mini wedding convite.png Eu utilizei basicamente as técnicas de cartonagem. Comprei papelão roller, encapei com tecido, colei um papel com as informações sobre a data e hora do nosso casamento e na parte externa, acrescentei uma fita de cetim para dar acabamento e um laço.

Caixas com macarons para todos os convidados

mini wedding macarons 1.png Outra lembrancinha que causou comoção entre os convidados foi essa caixa. Comprei caixas de MDF na cor natural e pintei de branco, forrei a tampa com um tecido jacquard listrado, coloquei laço de cetim e flor. Para não deixar a caixa exposta, comprei uma caixa plástica que servia para armazenar cupcake. Serviu certinho para abrigar a caixa. Dentro da caixa, coloquei 4 doces franceses: macarons.

mini wedding macarons 2.png

Vaso com amêndoas

mini wedding amêndoas.png Comprei vasinhos de barro em casa de artesanato, forrei a parte externa com renda com auxílio da cola branca, depois forrei a parte interna com papel de seda. Coloquei as amêndoas e embrulhei com um tule branco e finalizei com fita de cetim.

Na hora de ir embora, todos os convidados receberam as lembrancinhas: as cadeiras com os nomes, as caixas com os macarons e os vasinhos de amêndoas. Para cada convidado, havia uma sacola transparente para facilitar na hora de carregar. Como todas as lembranças estavam com nome, foi muito fácil fazer a entrega dos mimos.

mini wedding macarons 3.png

Fotos do restaurante (retiradas do site)
Restaurante La Cocotte. Foto: Tadeu Brunelli
www.tbfoto.com.brLA COCOTTE - SP/SP - 06/12/2011 Foto: Tadeu Br
Restaurante La Cocotte. Foto: Tadeu Brunellilacocotte 3 Restaurante La Cocotte. Foto: Tadeu Brunelli Restaurante La Cocotte. Foto: Tadeu Brunelli Restaurante La Cocotte. Foto: Tadeu Brunelli
Restaurante La Cocotte. Foto: Tadeu Brunelli

Espero que tenham gostado!

~ Yuka ~

Anúncios

Como fazer iogurte grego e granola caseira

Eu nunca fui uma pessoa fã de iogurte natural, pois achava sem graça, aguado, insosso, esquisito…

… até começar a fazer o meu próprio iogurte.

Gente, sério, iogurte grego é muito gostoso.

Eu comprei uma iogurteira e desde então faço toda semana de 2 a 3 vezes.

E pra coroar essa delícia, passei a fazer a minha própria granola.

É outra delicia também rs.

É tão gostoso que eu e meu marido perdemos o interesse por sorvete. Só queremos comer o iogurte. Usamos a geleia de morango para adoçar (feita pela minha mãe) e depois acrescentamos a granola. Hummm, nham nham nham.

A pedidos, segue a receita do iogurte grego e granola.

 

IOGURTE GREGO CASEIRO

O iogurte em si, é muito fácil de fazer.

Eu comprei uma iogurteira para facilitar a minha vida, pois não queria ficar amornando o leite toda vez, mas não é essencial. Eu só comprei porque achei que iria agilizar a minha vida (e agilizou mesmo).

1
Essa é a minha iogurteira.

Basta misturar 2 colheres de sopa de iogurte natural não adoçado (metade do potinho) em 1 litro de leite. Misturo bem e deixo na iogurteira ligada por 8 horas. O iogurte fica pronto assim.

2
Aqui está o iogurte normal pronto. A partir deste iogurte, eu preparo o iogurte grego.

Como eu gosto do iogurte beeeem espesso, eu dessoro o iogurte. Para isso, eu comprei na mesma loja online da iogurteira o dessorador.

3
Agora é só transferir o iogurte pronto no dessorador para tirar o soro do iogurte.

Então é só transferir esse iogurte na dessoradora e deixar escorrendo o soro por mais 5-8 horas, até chegar na consistência do seu agrado.

4
Eu, transferindo o iogurte na dessoradora.
5
Deixo na porta da geladeira por algumas horas até alcançar a consistência que gosto.
6
Olha quanto soro saiu.
7
Transfiro num pote e guardo essa delícia na geladeira.

A loja online fala pra usar um coador de café de papel, e usei nas primeiras vezes. Mas depois eu comprei um coador que não é descartável (é sintético, mas não sei dizer de que material é) numa loja chamada Lojas Mel, por R$2,99. Então uso e reuso esse coador só para este fim. Depois é só transferir em um pote, misturar bem com um garfo ou com um fuê e está pronto o mais delicioso iogurte grego.

Aqui em casa vira uma linha de produção para fazer o iogurte. Enquanto estou dessorando o iogurte, já uso a outra metade do potinho para fazer um novo lote de iogurte. Mas também gosto de usar como “isca” as 2 colheres do iogurte que acabou de ficar pronto. E assim com apenas 1 potinho comprado eu faço o iogurte umas 10 vezes.

 

GRANOLA CASEIRA

8

Já a granola não tenho medida, é tudo no olhômetro. Mas é bem fácil de fazer.

Eu pego uma bacia bem grande e vou misturando:

  • castanha de caju picadas
  • castanha do pará picadas
  • aveia em grãos
  • quinoa
  • gergelim branco
  • linhaça
  • semente de girassol
  • amendoim torrado sem casca

Quando estiver na quantidade bem bacana (a aveia é o que sobressai na granola), misturo de 1 a 2 colheres de açúcar mascavo, de 1 a 2 colheres de óleo de coco, de 1 a 2 colheres de mel. Misturo bem e sinto com as pontas dos dedos se está um pouquinho úmido. Se estiver muito seco, coloco um pouco mais de mel.

Coloco na assadeira uma camada beeem fina de granola (na primeira tentativa, coloquei demais na assadeira, e a granola mesmo pronta continuou úmida) e deixo no forno baixo até dourar um pouco. Fico misturando a cada 5 minutos para dourar bem todos os grãos. Cuidado para não queimar a granola, pois para pegar cor é muito rápido.

Depois de pronto, acrescento coco ralado queimado e vou transferindo no potinho e espero esfriar bem antes de fechar o pote. Ele fica soltinho e crocante.

Vira um belo presente para seus amigos.

~ Yuka ~

DIY porta-jóias (porta-bijuterias) utilizando caixa organizadora

DIY porta joias 10

Oi pessoal.

Hoje eu gostaria de compartilhar com vocês o porta-bijuterias que fiz para mim.

Há tempos eu estava querendo comprar um, cheguei a pesquisar em várias lojas, mas sempre desanimava quando olhava o preço.

Lembrei que tinha umas caixas organizadoras sem uso no fundo do guarda-roupa e alguns feltros sobrando.

Olha só como eu fiz:

DIY porta joias 1
Aqui está a caixa organizadora vazia.
DIY porta joias 2
Dei uma boa limpada para tirar a poeira.
DIY porta joias 3
Procurei um pedaço de feltro, na cor rosa.
DIY porta joias 4
Cortei em tiras da largura das divisórias.
DIY porta joias 5
Não há medida certa em relação ao comprimento da tira. Fui enrolando até chegar ao tamanho desejado.
DIY porta joias 6
Coloquei três “enroladinhos” em cada divisória.
DIY porta joias 7
Como estas duas divisórias têm uma saliência, resolvi encapar de outra forma, colocando fibra sintética e depois um pedaço de feltro por cima.
DIY porta joias 8
Fiz um enroladinho desta forma e acomodei em cima da fibra sintética.
DIY porta joias 9
Ficou desta forma.
DIY porta joias 10
Com os brincos, anéis e pulseiras.

~ Yuka ~

 

Os segredos da 25 de março

169

Desde que passei a morar em São Paulo, um dos lugares que mais gosto de passear é a 25 de março.

Pra mim, passear lá é como se fosse um mundo encantado. A cada visita, descubro lojas novas que me deixam de queixo caído. Até brinco que conheço a 25 de março como a palma da minha mão. Três dias antes da minha filha nascer, com meu barrigão de 9 meses, passeava por lá na maior tranquilidade.

Hoje vou mostrar pra vocês as minhas lojas preferidas.

TECIDOS

Para quem procura tecidos de patchwork, há um prédio que é o paraíso. Fica na Rua Cavalheiro Basílio Jafet, nº38. Nesse prédio há várias lojas de tecidos, mas gosto especificamente de duas:

  • Fernando Maluhy (9º andar): vendem tecidos a partir de 50cm.
  • ATX (7º andar): vendem tecidos a partir de 50cm.

Na rua, sempre passo em 2 lojas:

  • Niazi Choft: essa loja possui várias filiais na 25 de março, mas a mais completa é o da Rua 25 de Março, nº607. Suba até o 7º andar e se perca nos tecidos. Vendem tecidos a partir de 1 metro.
  • Metrópole: essa loja possui tecidos um pouco mais caros, mas tem tecidos bem lindos. Vendem tecidos a partir de 30cm e fica na Rua Comendador Abdo Schahin, nº52.

 

AVIAMENTOS (botões, sianinhas, viés…)

A loja imbatível mesmo é a Armarinhos Fernando. Na minha opinião, é a loja mais barata que existe para comprar aviamentos. O único porém é que todo mundo sabe disso e a loja fica abarrotada de pessoas. O segredo é ir bem cedinho. Esta loja também tem várias filiais, mas gosto de ir na maior delas que fica na Rua 25 de Março, 864.

  • Rei do Armarinho: Outra loja grande que vale a pena uma visita por causa do preço bom. Rua Cavalheiro Basílio Jafet, 99.
  • Comercial Becel: O preço não é tão competitivo como a do Armarinhos Fernando e Rei do Armarinho, mas o bom é que a loja não é tão lotada. Dá para fazer as compras calmamente. Tem uma variedade maior de viés, fitas e de bastidores. Rua Comendador Abdo Schahin, nº52.
  • Metrópole Galeria: Eu chamo esta loja por este nome porque fica dentro de uma galeria. É da mesma filial que a Metrópole que fica na rua. Só que vende miudezas em geral. Gosto de comprar zíper por metro e manta acrílica. Rua Comendador Abdo Schahin, nº62.
  • Vandir Botões: pense num paraíso de botões. Achou o lugar. A loja vende botões de todas as cores, de todos os tamanhos e de todos os tipos. É uma loucura. Fica na mesma galeria que a Metrópole Galeria. Rua Comendador Abdo Schahin, nº62.

 

PEÇAS PARA BIJUTERIA

  • O segredo é conhecer as lojas que ficam escondidas dentro dos prédios. Há prédios inteiros que vendem peças para bijuteria. Rua Ladeira Porto Geral, nº52 e nº106.

 

PRESENTES (PARA CASA)

A loja Doural tem vários produtos para casa, desde pratos, panelas e copos. Mas o segundo andar da loja é o que tem de bom. A maioria dos produtos do segundo andar são importados, lindos e ótimos para presentear ou decorar a casa com itens diferentes. Rua 25 de Março, nº595.

Boa perdição para vocês.

~ Yuka ~

Desidratando alimentos

Tudo bem com vocês?

Hoje quero compartilhar a minha mais nova diversão do momento: desidratar alimentos.

Sempre tive muita vontade de comprar um desidratador de alimentos para fazer os meus tomates secos.

A minha sogra fazia uns tomates secos no desidratador de alimentos, mas há alguns anos, ela doou a máquina, só que eu nunca consegui esquecer os seus deliciosos tomates secos.

Até que navegando na internet achei uma promoção imperdível e depois de pensar muito resolvi comprar.

Olha, estou gostando bastante.

Já desidratei tomate, maçã, manga e laranja, mas o que mais gostei até agora foi o tomate e a maçã.

desidratador1 desidratador2 desidratador3 desidratador4

TOMATES

Eu corto os tomates em rodelas de mais ou menos 1,5cm e salpico açúcar e sal uma única vez. De tempos em tempos eu viro as rodelas, mas não acrescento mais nada. O tempo varia muito, já que a desidratação acontece bem devagar, em torno de 8 a 12 horas, mas tiro quando os tomates ficam bem murchos e mais avermelhados.

Coloco os tomates secos em um vidro com azeite, 2 dentes de alho, um pouco de orégano, 3 folhas de louro e pimenta do reino em grãos e deixo curtir algumas horas (ou alguns minutos – porque tem dias que a vontade de comer logo é grande).

desidratador5 desidratador6 desidratador7 desidratador8 desidratador9

Infinitamente mais gostoso do que aqueles que a gente compra no supermercado.

~ Yuka ~

DIY almofadas estilo minimalista

Dia desses fui na 25 de março para comprar um pouco de tecido para fazer uma almofada preta e outra listrada.

A inspiração veio destas fotos aqui: 

  

Costurei seguindo tutoriais que encontrei na internet. Mas atenção… Lavem o tecido antes de costurar. Além de correr o risco do tecido encolher, no meu caso, o tecido listrado desbotou. Se eu tivesse lavado antes, poderia ter voltado na loja para trocar o tecido. Como eu já tinha finalizado a almofada, não dava pra voltar na loja com uma capa de almofada…

Vivendo e aprendendo.

Segue a foto de como ficaram as almofadas.

Daí a sala da minha casa ficou assim com as novas almofadas.
Novas almofadas!!!
~ Yuka ~

Como montar um atelier sem gastar muito 2

Meu atelier está de cara nova. Comprei umas prateleiras e eu mesma instalei. Como o lugar é pequeno, tenho que fazer o milagre da multiplicação do espaço, sem comprometer o visual da casa.

Comprei duas prateleiras modulares e instalei na parede. Deixei um espaço de cerca de 15cm entre uma prateleira e outra para ganhar um espacinho.
Comprei duas prateleiras modulares e instalei na parede. Deixei um espaço de cerca de 15cm entre uma prateleira e outra para ganhar um espacinho.
IMG_6604
A mesma foto, de outro ângulo.
Aqui está o atelier montado com todas as coisas no seu devido lugar.
Aqui está o atelier montado com todas as coisas no seu devido lugar.
Aqui de outro ângulo.
De outro ângulo.
Guardo os botões nessas caixinhas pequenas com divisórias.
Guardo os botões nessas caixinhas pequenas com divisórias.
Linhas de costura organizadas em degradê de cores.
Linhas de costura organizadas em degradê de cores.
Viés e fitas presas com alfinetes.
Viés e fitas presas com alfinetes.
A minha tão adorada amostra de tecidos.
A minha tão adorada amostra de tecidos.
Alguns bastidores, fitas dupla face, etc.
Alguns bastidores, fitas dupla face, etc.
Os espaços entre as estantes e entre a mesa foi muito importante para criar novos espaços como armazenar feltros sem amassar.
Os espaços entre as estantes e entre a mesa foi muito importante para criar novos espaços como armazenar feltros sem amassar.
Algumas miudezas continuam nas caixinhas.
Algumas miudezas continuam nas caixinhas.
E finalmente a última foto. Os botões tic tac também ficam guardados nas caixinhas, separados em saquinhos plásticos.
E finalmente a última foto. Os botões tic tac também ficam guardados nas caixinhas, separados em saquinhos plásticos.
~Yuka ~