O que de fato significa não ter muitas opções de roupas no guarda-roupa

steve-jobs

Já faz alguns anos que estou com um guarda-roupa enxuto. E com isso percebi que além da economia em dinheiro, as escolhas vão se tornando cada vez mais simples.

Ao invés de ter vários sapatos, ter somente aqueles que são confortáveis e que eu realmente uso agiliza na hora da escolha.

Ao invés de me perder entre 20 blusas pretas, tenho somente aquela que fica perfeita no meu corpo. Ter menos roupa no guarda-roupa significa menos roupa para amassar, menos roupa para lavar, menos roupa para passar, espaço para guardar, perco menos tempo decidindo qual roupa usar.

Com o tempo, percebi que as minhas compras são feitas para substituir as atuais. Ou seja, compro um sapato preto quando o sapato preto que tenho ficou desgastado. Compro uma meia-calça quando a que eu tenho fica velhinha.

Esses dias minha mãe comentou que a roupa que vou passear, é a mesma roupa que vou para o trabalho ou que vou à feira. Sim. Minhas roupas estão bem mais simples. Como não tenho tantas opções, uso a mesma roupa em vários eventos e só capricho nos acessórios (colares, brincos, pulseiras, echarpe etc).

Tomar a decisão de diminuir as opções num período em que o que mais se tem são opções, parece soar estranho. As pessoas podem me perguntar “Por que escolher esta blusa se pode ter outras melhores?”, “Por que ter apenas 1 calça preta, se pode ter uma calça preta com brilho, outra boca de sino, outra skinny, outra de couro”…

Porque simplesmente é mais fácil não precisar tomar tantas decisões no dia. Claro que não sou o Steve Jobs ou o Mark Juckerberg que usam somente 1 modelo de camisa e calça. Mas o fato é que não ter muitas opções, realmente facilita a administração do guarda-roupa e me faz ter o privilégio de usar todas as roupas que tenho com uma frequência muito maior.

~ Yuka ~

Como fazer seu casaco de inverno durar mais

casaco

Tudo bem que já estamos na primavera, mas como fez um friozinho semana passada em São Paulo, lembrei deste post que estava há muito tempo aguardando o momento certo para ser publicado…

Sabe aqueles casacos pesados de inverno? Como você conserva?

O meu marido tem os mesmos 2 casacos de inverno há muitos anos e pasmem, parecem novos.

Segue a lista de cuidados que ele tem com os casacos::

– usa sempre com uma blusa de manga comprida para evitar o contato direto da pele com o casaco;

– depois de usar, deixa arejando em um cabideiro para somente depois guardar no guarda-roupa;

– evita chuva e garoa;

– evita encostar nas paredes e muros;

– retira eventuais pelos e cabelos com ajuda de uma fita adesiva;

– e finalmente ao final do inverno, leva para uma boa lavanderia. Ele nunca lava os casacos em casa.

~ Guta ~

A mesma saia, vários estilos – saia amarela

Da mesma forma que eu falei neste post que a camisa branca é uma peça curinga do meu guarda-roupa, a saia amarela tem um lugar especial no meu coração.

Peguei algumas fotos da internet pra mostrar como dá para montar vários looks com a mesma peça e ter um guarda-roupa enxuto.

 

A saia amarela é ou não é uma peça curinga? 😀

~ Guta ~

De quantos pares de sapato eu preciso?

Descobri aqui que a Emma Watson tem apenas 8 pares de sapato. Uau! Se ela, que é uma atriz internacional, famosa e bem sucedida tem só 8 pares de sapato, eu também posso!

Eu tenho 17 pares (incluindo sapatos, sandálias, chinelos, botas…). Mas sei que tenho sapatos muito parecidos que poderia me desfazer.

sapatos

Sabendo disso, resolvi descobrir quais são os calçados que eu teria que me desfazer, separando pelas semelhanças.

Tenho 4 sapatos pretos.

Tenho 4 sapatos pretos.

Dois sapatos na cor bege.

Dois sapatos na cor bege.

Duas sandálias baixinhas confortáveis.

Duas sandálias baixinhas confortáveis.

Duas botas. Uma na cor preta e outra na cor marrom.

Duas botas. Uma na cor preta e outra na cor marrom.

Dois tênis.

Dois tênis.

Sendo assim, depois que descobri quais são os sapatos parecidos, vou me desfazer de alguns conforme os sapatos forem ficando velhinhos e não repor.

A minha intenção é reduzir alguns pares de calçados que tenho hoje e comprar outros modelos para ter mais opções de uso, como os dos itens 5 e 7. Eu substituiria um sapato bege pelo item 6, modelo mais liso. E o chinelo preto que tenho atualmente por um mais colorido, como o item 10.

Esses serão os modelos que eu quero ter.

Esses serão os modelos que eu quero manter para compor meus calçados minimalista.

O segredo é escolher bem os modelos para ter variações no momento de combinar com as roupas.

~ Guta ~

A mesma camisa, vários estilos – camisa social branca

Hoje vou mostrar como você pode montar looks incríveis usando como base a camisa branca de todo dia.

camisa0

Eu tento, na medida do possível, usar a mesma roupa de vários jeitos. Por exemplo, uso os vestidos que tenho como vestidos, mas também como saias colocando uma blusa por cima, ou até como uma blusa, colocando o vestido (de tecido levinho) por dentro da calça. As pessoas do meu trabalho acham que meu guarda-roupa é enorme, mas não é. Eu só uso a mesma roupa de várias formas.

Veja abaixo as inúmeras variações possíveis com apenas uma camisa branca…

1.) Camisa com blusa preta manga 3/4:

camisa1

2.) Camisa com coletes ou regatas:

camisa2

3.) Camisa com colares diferentes:

camisa3 camisa4 camisa5

4.) Camisa com suéter:

camisa6

5.) Camisa com cardigã:

camisa7

6.) Camisa com outra blusa de manga sobreposta:

camisa8

7.) Camisa com blusa tomara que caia:

camisa9

8.) Camisa com cintos diferentes (de elástico, cinto fininho, cinto grosso, cinto na altura do quadril, etc.):

camisa10 camisa11 camisa12 camisa13 camisa14

9.) Camisa aberta com blusa por dentro:

camisa16

10.) Camisa com echarpe ou lenço:

camisa17

11.) Camisa com mangas dobradas para um estilo casual:

camisa15