DIY porta-jóias (porta-bijuterias) utilizando caixa organizadora

DIY porta joias 10

Oi pessoal.

Hoje eu gostaria de compartilhar com vocês o porta-bijuterias que fiz para mim.

Há tempos eu estava querendo comprar um, cheguei a pesquisar em várias lojas, mas sempre desanimava quando olhava o preço.

Lembrei que tinha umas caixas organizadoras sem uso no fundo do guarda-roupa e alguns feltros sobrando.

Olha só como eu fiz:

DIY porta joias 1

Aqui está a caixa organizadora vazia.

DIY porta joias 2

Dei uma boa limpada para tirar a poeira.

DIY porta joias 3

Procurei um pedaço de feltro, na cor rosa.

DIY porta joias 4

Cortei em tiras da largura das divisórias.

DIY porta joias 5

Não há medida certa em relação ao comprimento da tira. Fui enrolando até chegar ao tamanho desejado.

DIY porta joias 6

Coloquei três “enroladinhos” em cada divisória.

DIY porta joias 7

Como estas duas divisórias têm uma saliência, resolvi encapar de outra forma, colocando fibra sintética e depois um pedaço de feltro por cima.

DIY porta joias 8

Fiz um enroladinho desta forma e acomodei em cima da fibra sintética.

DIY porta joias 9

Ficou desta forma.

DIY porta joias 10

Com os brincos, anéis e pulseiras.

~ Yuka ~

 

Festa de aniversário minimalista em casa: aniversário de 1 ano

festa aniversario minimalista 1

Acho muito legal festas minimalistas, com poucos convidados e poucos enfeites, como já havia comentado neste post. Inclusive, o meu casamento foi minimalista também.

Esses dias foi o aniversário de 1 ano da minha querida filha. Fizemos uma festa pequena em casa, apenas para os mais chegados (total de 8 pessoas).

Foi muito bom, minha filha não se assustou com as pessoas, foi no colo de todo mundo, se divertiu com os brinquedinhos novos, e até bateu palmas na hora de cantar o parabéns. Foi uma festa pensada para ela.

Fizemos o bolo, os doces, mas encomendamos os salgados. Tudo muito simples, mas feito com muito carinho.

festa aniversario minimalista 2

festa aniversario minimalista 3

Comprei bexiga e grudei com fita crepe no teto.

festa aniversario minimalista 4

festa aniversario minimalista 5

Bolo kitkat feito por mim e pelo meu marido.

festa aniversario minimalista 6

festa aniversario minimalista 7

Copinhos de brigadeiro.

festa aniversario minimalista 8

Um pouco de gomas coloridas para colorir a mesa.

festa aniversario minimalista 9

E sachêzinho de gaveta como lembrancinha.

Eu já tinha o prato para bolo e também as caixinhas em MDF (que aliás são ótimas para festas). Acho bom ter essas peças em casa porque vira um acessório coringa na hora de receber visitas. Como vê na foto, dá para usar de duas formas, como caixinha ou com ele virado ao contrário.

Essas caixas são tão úteis que tenho uma na bancada do banheiro, no hall de entrada, no criado mudo e em cima da mesa de jantar como porta-remédio. Até escrevi um post especial sobre essas caixinhas.

Mas veja, eu e meu marido temos a característica de sermos reservados em relação à vida pessoal. Por isso uma festa minimalista cai como uma luva para o nosso estilo de vida.

Se esse não é o seu caso, se você gosta de animação, pessoas, festas grandes, faça uma festa grande, desde que isso seja a vontade sua, e não dos outros. O importante é identificar o que é essencial para você.

~ Yuka ~

 

 

Ter imaginação é um exercício para o cérebro

Fonte: pinterest

Fonte: pinterest

A minha filha ainda é pequena demais para entender o que é o consumismo, mas gosto de mostrar para ela as minhas “invenções”. Uma garrafinha vazia com várias pedras de bijuteria dá um efeito lindo e vira um chocalho. Alterno o tamanho das garrafas e o conteúdo para ter barulhos diferentes, com arroz, milho, feijão…

Gosto de imaginar que ao me ver criando coisas a partir do nada, ela também irá aprender a se divertir usando a imaginação.

As crianças de hoje estão muito acomodadas em serem servidas. Os adultos precisam entretê-las o tempo todo. Um videogame, assistir televisão, mexer no celular, ter palhaços em festa…

Claro que não dá pra isolar os nossos filhos da realidade tecnológica existente hoje, mas se eu puder prolongar a infância, já vou ficar feliz.

Reclamamos de que as crianças de hoje não sabem brincar sozinhas, que estão viciadas em televisão, vídeo game e celular. Será que são as crianças ou somos nós que incentivamos? Outro dia o filho da minha prima que tem 6 anos veio fazer uma visita em casa. Quando chegou a hora de ir embora, ele disse que tinha gostado de um brinquedo da minha filha e veio me pedir todo envergonhado. Sabe o que ele queria? Uma garrafa vazia com um pouco de milho cru. Era esse o brinquedo que ele tinha gostado tanto e veio me pedir. As crianças de hoje continuam sendo crianças.

Brincar de bolinha de sabão, de seguir as formigas, pegar um cabo de vassoura e lençol e transformar em uma cabana, jogar bola, brincar de esconde-esconde, um graveto que vira varinha de condão, uma caixa vazia vira um carrinho, criar castelos de areia, brincar de adivinhar o formato das nuvens…

Perceberam que tudo o que falei não envolve dinheiro? Não gastar dinheiro se torna consequência das coisas que acredito.

E também porque meu lema é “comprar é mais fácil, criar é muito mais difícil”.

~ Yuka ~

Os segredos da 25 de março

169

Desde que passei a morar em São Paulo, um dos lugares que mais gosto de passear é a 25 de março.

Pra mim, passear lá é como se fosse um mundo encantado. A cada visita, descubro lojas novas que me deixam de queixo caído. Até brinco que conheço a 25 de março como a palma da minha mão. Três dias antes da minha filha nascer, com meu barrigão de 9 meses, passeava por lá na maior tranquilidade.

Hoje vou mostrar pra vocês as minhas lojas preferidas.

TECIDOS

Para quem procura tecidos de patchwork, há um prédio que é o paraíso. Fica na Rua Cavalheiro Basílio Jafet, nº38. Nesse prédio há várias lojas de tecidos, mas gosto especificamente de duas:

  • Fernando Maluhy (9º andar): vendem tecidos a partir de 50cm.
  • ATX (7º andar): vendem tecidos a partir de 50cm.

Na rua, sempre passo em 2 lojas:

  • Niazi Choft: essa loja possui várias filiais na 25 de março, mas a mais completa é o da Rua 25 de Março, nº607. Suba até o 7º andar e se perca nos tecidos. Vendem tecidos a partir de 1 metro.
  • Metrópole: essa loja possui tecidos um pouco mais caros, mas tem tecidos bem lindos. Vendem tecidos a partir de 30cm e fica na Rua Comendador Abdo Schahin, nº52.

 

AVIAMENTOS (botões, sianinhas, viés…)

A loja imbatível mesmo é a Armarinhos Fernando. Na minha opinião, é a loja mais barata que existe para comprar aviamentos. O único porém é que todo mundo sabe disso e a loja fica abarrotada de pessoas. O segredo é ir bem cedinho. Esta loja também tem várias filiais, mas gosto de ir na maior delas que fica na Rua 25 de Março, 864.

  • Rei do Armarinho: Outra loja grande que vale a pena uma visita por causa do preço bom. Rua Cavalheiro Basílio Jafet, 99.
  • Comercial Becel: O preço não é tão competitivo como a do Armarinhos Fernando e Rei do Armarinho, mas o bom é que a loja não é tão lotada. Dá para fazer as compras calmamente. Tem uma variedade maior de viés, fitas e de bastidores. Rua Comendador Abdo Schahin, nº52.
  • Metrópole Galeria: Eu chamo esta loja por este nome porque fica dentro de uma galeria. É da mesma filial que a Metrópole que fica na rua. Só que vende miudezas em geral. Gosto de comprar zíper por metro e manta acrílica. Rua Comendador Abdo Schahin, nº62.
  • Vandir Botões: pense num paraíso de botões. Achou o lugar. A loja vende botões de todas as cores, de todos os tamanhos e de todos os tipos. É uma loucura. Fica na mesma galeria que a Metrópole Galeria. Rua Comendador Abdo Schahin, nº62.

 

PEÇAS PARA BIJUTERIA

  • O segredo é conhecer as lojas que ficam escondidas dentro dos prédios. Há prédios inteiros que vendem peças para bijuteria. Rua Ladeira Porto Geral, nº52 e nº106.

 

PRESENTES (PARA CASA)

A loja Doural tem vários produtos para casa, desde pratos, panelas e copos. Mas o segundo andar da loja é o que tem de bom. A maioria dos produtos do segundo andar são importados, lindos e ótimos para presentear ou decorar a casa com itens diferentes. Rua 25 de Março, nº595.

Boa perdição para vocês.

~ Yuka ~

Desidratando alimentos

Tudo bem com vocês?

Hoje quero compartilhar a minha mais nova diversão do momento: desidratar alimentos.

Sempre tive muita vontade de comprar um desidratador de alimentos para fazer os meus tomates secos.

A minha sogra fazia uns tomates secos no desidratador de alimentos, mas há alguns anos, ela doou a máquina, só que eu nunca consegui esquecer os seus deliciosos tomates secos.

Até que navegando na internet achei uma promoção imperdível e depois de pensar muito resolvi comprar.

Olha, estou gostando bastante.

Já desidratei tomate, maçã, manga e laranja, mas o que mais gostei até agora foi o tomate e a maçã.

desidratador1 desidratador2 desidratador3 desidratador4

TOMATES

Eu corto os tomates em rodelas de mais ou menos 1,5cm e salpico açúcar e sal uma única vez. De tempos em tempos eu viro as rodelas, mas não acrescento mais nada. O tempo varia muito, já que a desidratação acontece bem devagar, em torno de 8 a 12 horas, mas tiro quando os tomates ficam bem murchos e mais avermelhados.

Coloco os tomates secos em um vidro com azeite, 2 dentes de alho, um pouco de orégano, 3 folhas de louro e pimenta do reino em grãos e deixo curtir algumas horas (ou alguns minutos – porque tem dias que a vontade de comer logo é grande).

desidratador5 desidratador6 desidratador7 desidratador8 desidratador9

Infinitamente mais gostoso do que aqueles que a gente compra no supermercado.

~ Yuka ~

DIY almofadas estilo minimalista

Dia desses fui na 25 de março para comprar um pouco de tecido para fazer uma almofada preta e outra listrada.

A inspiração veio destas fotos aqui: 

  

Costurei seguindo tutoriais que encontrei na internet. Mas atenção… Lavem o tecido antes de costurar. Além de correr o risco do tecido encolher, no meu caso, o tecido listrado desbotou. Se eu tivesse lavado antes, poderia ter voltado na loja para trocar o tecido. Como eu já tinha finalizado a almofada, não dava pra voltar na loja com uma capa de almofada…

Vivendo e aprendendo.

Segue a foto de como ficaram as almofadas.

Daí a sala da minha casa ficou assim com as novas almofadas.

Novas almofadas!!!

~ Yuka ~

Como montar um atelier sem gastar muito 2

Meu atelier está de cara nova. Comprei umas prateleiras e eu mesma instalei. Como o lugar é pequeno, tenho que fazer o milagre da multiplicação do espaço, sem comprometer o visual da casa.

Comprei duas prateleiras modulares e instalei na parede. Deixei um espaço de cerca de 15cm entre uma prateleira e outra para ganhar um espacinho.

Comprei duas prateleiras modulares e instalei na parede. Deixei um espaço de cerca de 15cm entre uma prateleira e outra para ganhar um espacinho.

IMG_6604

A mesma foto, de outro ângulo.

Aqui está o atelier montado com todas as coisas no seu devido lugar.

Aqui está o atelier montado com todas as coisas no seu devido lugar.

Aqui de outro ângulo.

De outro ângulo.

Guardo os botões nessas caixinhas pequenas com divisórias.

Guardo os botões nessas caixinhas pequenas com divisórias.

Linhas de costura organizadas em degradê de cores.

Linhas de costura organizadas em degradê de cores.

Viés e fitas presas com alfinetes.

Viés e fitas presas com alfinetes.

A minha tão adorada amostra de tecidos.

A minha tão adorada amostra de tecidos.

Alguns bastidores, fitas dupla face, etc.

Alguns bastidores, fitas dupla face, etc.

Os espaços entre as estantes e entre a mesa foi muito importante para criar novos espaços como armazenar feltros sem amassar.

Os espaços entre as estantes e entre a mesa foi muito importante para criar novos espaços como armazenar feltros sem amassar.

Algumas miudezas continuam nas caixinhas.

Algumas miudezas continuam nas caixinhas.

E finalmente a última foto. Os botões tic tac também ficam guardados nas caixinhas, separados em saquinhos plásticos.

E finalmente a última foto. Os botões tic tac também ficam guardados nas caixinhas, separados em saquinhos plásticos.

~Yuka ~