Para viver um grande amor

romance.jpg

Conheci meu marido ainda adolescente, no primeiro dia da faculdade. E em poucos dias, nos tornamos melhores amigos. Ele continua sendo meu melhor amigo e continuamos a rir um do outro até hoje.

Ele é meu melhor amigo quando me acompanha para comprar roupas, palpitando e tendo a maior paciência para eu experimentar e decidir o que levar. Ele é meu melhor amigo quando permite que eu consiga ser eu mesma, livre e solta. De não ter receio de parecer uma boba. Me ouve com atenção sobre qualquer assunto.

Conversamos sobre tudo, desde fofoca de famosos, finanças, minimalismo, até política e filosofia.

Teve oportunidades para trabalhar em outro país e também em outro Estado, mas largou mão de ter uma carreira sólida para viver um grande amor. O seu grande amor por mim.

Desde quando namorávamos, lavava a louça da minha casa, varria a casa, lavava até o banheiro. Cuidava da minha casa com tanto zelo, como se fosse a sua.

Sinto sua presença em tudo, me cobre nas madrugadas frias, me deixa dormindo até mais tarde quando sabe que estou cansada, prepara o café da manhã, elogia a minha comida. Sempre me espera para comer, mesmo se eu demorar por estar amamentando, ou colocando as crianças para dormir. Me espera mesmo se estiver morrendo de fome, só para ter o prazer de estar comigo. Se estou deitada na cama com o cabelo molhado, ele vem com o secador de cabelo e seca para mim. Se estou doente, anota os horários do meu remédio. Toma conta de mim e me sinto cuidada. Recebe os posts do meu blog por e-mail, mas faz questão de ler no site só pra aumentar a estatística de visita.

Sim, ele é assim. Sim, ele é um amor de pessoa. Sim, ele é grande amor da minha vida.

Analisando nosso relacionamento, vejo que desde o início, sempre nos admiramos. Ele, inclusive, sempre acreditou em mim. Acreditou no meu potencial, na minha inteligência, na minha essência, mesmo em períodos em que eu não acreditava do que era capaz. Eu me achava menos inteligente do que a maioria das pessoas, menos capacitada intelectualmente. E tentava compensar essa “falta de inteligência” sendo uma pessoa legal.

Só que ele tinha a opinião completamente contrária sobre mim. E por ele sempre acreditar no meu potencial, eu me re-descobri.

Este blog inclusive, nasceu pela insistência dele. Ele gostava tanto das coisas que eu falava (que era contrário a tudo o que ouvimos por aí), que achava que eu precisava ter um blog para que mais pessoas pudessem ouvir o meu pensamento.

Quando falei que tinha um plano para nos aposentarmos aos 50 anos, foi o único que não riu e sentou do meu lado para ouvir o que eu tinha para falar.

Ele me deu o privilégio de ter uma família. Antes era só eu e ele. Hoje, nós somos 4. Eu, ele e as nossas duas filhas lindas.

Me mostrou que não é o dinheiro que traz felicidade, me mostrou que reconhecer os próprios erros não faz de uma pessoa menos digna, muito pelo contrário, mostra o quão humilde pode ser.

Apesar de tantos defeitos que tenho, me ama com toda força da alma. Sou capaz de perceber o amor pelo olhar, pelo tom de voz.

Como ele mesmo diz, o nosso encontro mudou nossa vida. Nós somos pessoas muito melhores juntas, nós melhoramos a cada dia como ser humano por estarmos juntos.

Ele não é só meu marido. É o meu parceiro, meu melhor amigo, a pessoa que mais me conhece e cuida de mim. Às vezes acho que ele me conhece melhor do que eu mesma.

Ele potencializou o que estava adormecido em mim. E isso me faz refletir como é importante escolher bem a pessoa que vai passar a vida com você.

Quando penso o quanto já compartilhei da minha vida com ele e o tempo que ainda ficaremos juntos, um sorriso no canto de boca é inevitável. Passamos até a cuidar melhor da alimentação e fazer exames médicos de rotina por querer estarmos mais tempo juntos.

Eu sei que mudei muito. Minhas ideias amadureceram, minhas opiniões mudaram e esse blog me ajudou muito a acelerar esse processo.

E saber que mesmo após tantas mudanças e descobertas, meu marido me apoia e continua tendo orgulho das minhas opiniões e convicções me dá a certeza de que não só escolhi a pessoa certa, como tenho certeza de que estamos caminhando na direção certa.

Eu sempre acreditei que escolher a pessoa certa que vai caminhar com você, o que a gente chama de Vida, é o que faz a diferença se sua vida vai ser mais fácil ou mais complicada.

A vida une as pessoas certas no momento certo. Que este seja nosso destino: amar, viver e começar cada dia juntos.

~ Yuka ~

Anúncios

45 comentários sobre “Para viver um grande amor

  1. Yaku, oi! Lindo texto e exemplo de que a vida a dois dá certo. Eu sou solteira e acredito que ter um amigo como parceiro é ter metade da vida resolvida… rs… por todos os motivos que relatou. Que exemplo de cumplicidade, que Deus continue abençoando vocês e todos os seus queridos. ❤ ❤ ❤ Beijos

  2. Esse post veio transbordando um sentimento genuíno, maduro, firme. Parabéns!

    Durante muitos anos fui solteiro, desapegado. E há 4 anos encontrei minha esposa, e olha, foi o maior aprendizado que vivi até hoje. Através dos olhos dela pude me ver melhor. Enxergar quem sou, de verdade. Sem aquela ilusão a respeito de si, que vive quem é solteiro por muito tempo. É uma jornada, só que agora, bem acompanhado.

    Desejo a você muita felicidade com sua família. Que Deus os abençoe. até mais.

    • Oi Estéfano, obrigada pelo comentário. Sei que encontrar alguém bacana não é fácil, muito menos manter um casamento saudável (tanto que me divorciei no primeiro casamento). Se você também encontrou alguém que vale a pena compartilhar a vida, parabéns! Uma coisa que eu aprendi no divórcio e que levo para esse meu casamento atual é que o amor não se sustenta por si só, ele precisa ser alimentado. E as pequenas atitudes diárias é o que no final faz uma grande diferença. É aquela frase clichê de “regar a planta todos os dias”. Desejo muito amor e sucesso na sua vida a dois. Um grande abraço.

  3. Que texto emocionante! E lindo…
    Isso que eu chamo de “encontro de almas” ❤
    Que esse amor sempre seja abençoado e que com este depoimento estimule mais pessoas a acreditarem no amor…muito obrigada por compartilhar super abraço 🙂

    Dri 😀

  4. Que bom, Yuka, que você encontrou uma pessoa para amar, e o que é melhor, que corresponde aos seus sentimentos de uma forma tão bonita e verdadeira. É isso que as pessoas esperam encontrar por toda a vida. Eu, por exemplo, continuo solteira aos 43 anos e não me importo com isso, pois penso que é melhor estar sozinha do que estar junto com alguém só por estar.
    Eu também concordo plenamente com você quando diz que deve-se escolher a pessoa certa para caminhar pela vida. Perfeito! Ainda mais se pensarmos que quando fazemos a escolha errada, não somente nós mesmas nos prejudicamos, como também todos os que nos amam e se preocupam conosco.
    bjs

    • Oi Silvia. Eu particularmente admiro muito pessoas que andam, vamos dizer, pelo caminho não convencional. Pessoas como você que decidiram não se casar com qualquer um só porque chegou a “idade de casar”. Pessoas que decidiram ter filhos sozinhos, ou que decidiram não ter filhos, enfim, há vários exemplos. Eu admiro porque é preciso coragem para ser diferente. As pessoas apontam os dedos, julgam, comentam quando somos diferentes do que a sociedade acredita ser normal. Um beijo pra você!

  5. Parabéns aos dois pelo lindo casal que formam. Um relacionamento com amor, amizade e maturidade está raro hoje em dia. E isso irá refletir na vida das suas filhas, que também prezarão por relacionamentos saudáveis. Deus abençoe vc e sua família e que vc continue nos ensinando a ver a vida com outras lentes. Super beijo!!!

    Ah! Sempre lia pelo email, mas aprendi com o seu esposo que devemos ler por aqui 😉

  6. Que lindo texto! É tão difícil falar de amor hoje em dia, neste tempo de relações momentâneas, só para satisfação sexual, nas quais não podemos nos envolver e quando nos envolvemos sempre fica a espreita o medo de ser magoado. É muito bom ver o amor sendo retratado sem as ilusões de uma paixão arrebatadora, sendo retratado através da admiração, do respeito e da dedicação. E é tão bom poder viver um amor assim!

    Desde de criança nunca pensei em me casar, até pouco tempo tinha pavor desta ideia, acredito que seja pq não tenho bons exemplos de relacionamento na família. Mas Deus pôs uma pessoa maravilhosa na minha vida, que nestes anos juntos entendeu meus medos, abraçou minha história e a mim mesma e me mostrou que o amor é algo real.

    Eu costumo dizer a ele que o que me fez perceber que eu o amava é que tenho muitos planos para mim mesma sozinha, mas que com ele viver essas aventuras é ainda melhor e que juntos podemos tornar as minhas aventuras e das dele em nossas aventuras. Viver juntos com respeito, admiração e amor é uma dádiva.

    Seu marido tinha razão, seu blog é incrível! Sucesso!

    • Oi Adna, eu e meu marido reconhecemos que temos um casamento muito bonito. Às vezes temos alguns desentendimentos, mas sempre conversamos e nos entendemos para que essa rusga não vire algo maior. Como meu marido diz sempre, é o primeiro relacionamento que ele tem que não precisa ter medo de brigar e dar opiniões (e dar em divórcio rsrs), porque sabemos que as conversas são ajustes que fazemos para o casamento dar certo. O amor está nos pequenos gestos e é realmente uma plantinha que deve ser cuidada e regada todos os dias. Um beijo e sucesso no seu amor!

    • Ê Maria, eu achei um rsrs. E olha que ele gostava de mim desde os meus 17 anos, mas eu não. Fui namorar ele só com 29 anos. Ele até brinca dizendo que eu fui o maior investimento a longo prazo dele rsrs.

  7. Yuka,
    Acompanho o seu blog há pouco tempo, e me identifico muito com o que escreve (ainda bem que seu marido te incentivou!). Nunca parei para comentar em nenhum post, mas esse tá tão lindo que eu precisa me expressar,rs. Texto lindo e sensível, parabéns!
    Aproveito para parabenizar vc pelo conteúdo inteiro, eu amo ler seus textos!
    Tudo de bom pra família!Beijos!

  8. Oi Yuka!!! que lindo seu texto….chuvas de bençãos para vocês!
    Quero encontrar o amor desse jeito. Pessoas maravilhosas passam pela nossa vida diariamente, mas encontrar uma que encaixa tão bem, ainda não consegui…hihihih…uma hora vai.
    bjos e muita luz p vcs!

    • Olá. Sim, eu acredito também que a vida é feita de encontros e desencontros. Se eu te disser que pra eu poder focar para encontrar a pessoa ideal eu tinha uma lista do “homem perfeito pra mim” você acredita? Tinha “ter morado sozinho”, “saber cozinhar”, meu marido um dia encontrou essa lista e demos muita risada. Um beijo pra você!!

  9. Esse post é inspirador… Esse texto confirma pra mim o quanto um relacionamento pode nos tornar melhor como pessoa. E além disso como é bom ter alguém que nos olhe com aquele brilho específico da admiração. Beijo e parabéns por essa dádiva.

    • Oi Fabiana. Eu definitivamente sou uma pessoa muito melhor com ele. Depois de 7 anos de relacionamento e 2 filhas, o casamento passa por constantes mudanças e ajustes, mas quando os dois querem que dê certo, todo o esforço vale a pena. ❤️

  10. Simplesmeste é assim: o amor, naturalmente o amor! Sem máscaras, sem ensaios, sem rodeios. Parabéns a vocês, à sua família. Só quem está por perto sabe o quão verdadeiro e lindo é tudo isso; essa união, um exemplo. Adorei o texto! adoro vcs!bjs bjs

  11. Colossal.É o que tenho de mais próximo para tentar resumir o que li.Esquanto as palavras dançavam aos meus olhos ,meu coração arrebatava em descompasso.Tenho 22 anos de casada,mas jamais imaginei algo assim como você relatou.Bencãos e saúde pra sua família.O demais você já possui.
    Seu marido tem razão.Você é especial.
    Eleva espíritos.👏👏

  12. Que lindo! Parabéns pra voces! Relacionamentos assim nos dão esperança de que é possível continuar vivendo uma relação bonita, prazerosa e respeitosa por anos… Obrigada pelo seu relato! beijos!

  13. Parece que voce estava descrevendo meu relacionamento. Nos dois tivemos que abrir mao de oportunidades de trabalho em outros lugares e ficamos longe de nossa familia( devido a distancia) para estar juntos. E por mais incrivel que pareca ele foi meu primeiro e unico namorado e eu tbm fui a primeira e unica namorada.
    Ah, como é bom amar!

    • Oi Cíntia, cuide bem do seu relacionamento também. Aprendi isso no meu divórcio, que não basta estar junto, tem que cuidar, tem que se importar, tem que fazer ajustes constantes. Fazendo isso, temos tudo para continuar dando certo. ❤️

  14. Parabéns pelo seu casamento. É bom ver relacionamentos bons o que prova de fato que existe sim a pessoa que nos completa e a pessoa que completamos. Isso contradiz o senso de muitos jovens e adultos de hoje que diz ser melhor solteiro e farras.
    Deus abençoe a todos.

    • Oi Janilson, obrigada! Tenho percebido que muitas pessoas que dizem não encontrar alguém bacana, não está disposta a transformar e aprender juntas. Muitas querem um relacionamento pronto, mas esquecem que o relacionamento é justamente isso, de amadurecer juntos, se descobrir, mudar de opinião. Tem que ter disposição de ambas as partes. Um grande abraço pra você!!!

  15. Oi yuka, que lindo! Gratidão por compartilhar e mostrar q sim, devemos querer o melhor para nós! Me divorciei por duas vezes, tenho um filho de 3 anos e sim, hj tenho plena certeza q o cara ideal está por aí, vivendo os processos dele de aprendizado e vamos nos encontrar rsrsrs! E aprendi que em um relacionamento vc se percebe através do outro, qualidades e defeitos, e quando estamos abertos e dispostos a evoluir, as coisas fluem e o amor transcende a tudo! Bjs e estou sempre por aqui!!!

    • Oi Débora, tudo bem com você? O divórcio é sempre difícil (muito difícil), mas eu também acredito que há muitas pessoas boas por aí, ao nosso redor, dispostas a abrir o coração pra gente. Lembro que quando eu me divorciei, eu fiz uma listinha do que eu queria para o meu futuro marido, porque eu sempre soube que mais do que saber o que eu queria pra mim, eu deveria saber que tipo de homem eu não queria pra mim. Essa lista me ajudou a entender que eu não deveria me contentar com pouco. Gosto muito desse texto, significou muito quando me divorciei: “O segredo é não correr atrás das borboletas. É cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar, não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!” Beijo pra você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s