Felicidade é…


A Mari do Frugalidades me convidou para responder uma TAG sobre felicidade. 😍

Então vamos lá:

1. O que você gosta de fazer quando está sozinha?

Gosto de ler livros deitada na cama, ouvir palestras pelo YouTube enquanto cozinho, escrever nesse blog e pensar na vida.

2. O que você gosta de fazer junto com outras pessoas (amigos, família ou namorado)?

Geralmente gosto de convidar a pessoa para passar a tarde em casa comigo, tomando chá e comendo brownies ou bolinho de chuva quentinhos enquanto colocamos o papo em dia.

3. Pequenas coisas que te faziam feliz na sua infância

Eu tinha uma caixinha de madeira onde guardava meus tesouros: uma concha bonita, um bilhete carinhoso de uma amiga, uma foto, ímã de uma viagem que eu fiz, enfim, pequenas coisas que me remetiam à felicidade. Eu adorava abrir a caixa e ficar admirando cada coisinha guardada. Hoje, a casa onde moro é a minha “caixinha”. Adoro abrir a minha caixinha e ficar dentro dela.

4. Uma coisa que te deixou feliz essa semana

Voltar a comer carboidratos… sério! Fiquei 1 semana sem comer carboidratos, para tentar me alimentar melhor (e emagrecer os quilos que ganhei na gravidez), mas não deu. Amooo pão, arroz, batata… Enfim, comer brigadeiros me deixou muito feliz!

6. Cite 3 coisas que te deixam muito feliz

– de não me comparar com os outros: isso não me dá sentimento de inveja, de que falta algo. Me dá sentimento de plenitude.

– de ter percebido a servidão moderna: é como se eu tivesse acordado a tempo.

– de ver minha família crescer. Antes éramos só eu e meu marido. Hoje somos em 4.

7. Complete: Felicidade é…

… aprender a enxergar as pequenas alegrias e simplicidade do dia-a-dia.

8. Convide 3 pessoas para responder essa TAG

– Mallu, do mamãe minimalista

– Teffi, do vivendo em miúdos

– Raquel, do meu serhumaninho

~ Yuka ~

Anúncios

8 comentários em “Felicidade é…

  1. Olá, Yuka
    É muito bom quando a gente aprende a sentir felicidade nas pequenas coisas do dia a dia. Sobre emagrecimento, não sei já ouviu falar do jejum intermitente, que não é uma dieta, mas um estilo de vida. No meu caso, a única coisa que dá certo para eu emagrecer é o jejum. Eu geralmente faço o protocolo de 16 horas: me alimento até às 20 h, pulo o café da manha (tomo apenas um cafezinho ou um cafezinho com uma colher de creme de leite) e almoço às 12 h. Para mim é super tranquilo porque eu não sinto fome pela manhã. Quer dizer, a gente se alimenta entre 12-20 h e depois fica 16 horas em jejum. No seu caso, talvez seja complicado porque você ainda está amamentando. Mas acho que vale a pena dar uma pesquisada nisso para usar futuramente, porque já está comprovado com esse jejum é excelente para a saúde, além de ajudar a emagrecer. Vários médicos/nutricionistas já estão utilizando ou, pelo menos, deixando de lado aquela história de que é necessário comer de 3/3 horas mesmo sem fome. No you tube há vários videos falando sobre isso, inclusive um bem curtinho do Dr. Lair Ribeiro. Vou deixar aqui dois links sobre o assunto:

    http://cienciadanutricao.blogspot.com.br/2014/12/jejum-intermitente-parte-1.html

    Cláudia

    1. Oi Claudia, sim, já li algo sobre esse jejum, mas ainda não li a fundo a respeito, principalmente por não poder fazer jejuns longos por causa da amamentação. Eu tentei o low carb, mas não sei se é porque estou de licença maternidade e a geladeira fica me dando “oi” a todo momento, a tentação estava muito grande. Talvez eu tente de novo quando voltar a trabalhar rsrs. Vou assistir o vídeo. Obrigada pela dica!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s