É possível antecipar a aposentadoria?

aposentadoria

Com a nova reforma da previdência chegando, a possibilidade de pessoas como eu, na faixa dos 30 anos, se aposentar aos 65, 70, 75 anos será inevitável.

Eu não me oponho a trabalhar, mas eu não quero trabalhar até os 75 anos por obrigação, principalmente porque não sei como estarei, se terei forças físicas e mentais para aguentar uma jornada de 8 horas todos os dias.

Eu quero sim trabalhar até ficar velhinha se eu estiver bem de saúde, saudável, disponível. Talvez possa diminuir a minha jornada de trabalho, ou até quem sabe, ter a possibilidade de parar de trabalhar para ficar mais perto dos netos, mas tudo é muito hipotético ainda.

Durante a minha licença-maternidade, em 2015, minha ficha caiu de que sim, era possível aposentar antes dos 60 anos.

E com essa ficha nas mãos, eu e meu marido traçamos um objetivo de vida: nos aposentar daqui a 15 anos. Ou seja, me planejo aposentar aos 51 anos e meu marido aos 53.

Não queremos nos aposentar para parar de trabalhar e ficar sem fazer nada. Queremos nos aposentar para dedicar naquilo que gostamos, no que acreditamos, queremos nos descobrir, nos redescobrir.

Você pode até pensar “ué, por que não faz hoje o que gosta, ao invés de esperar a aposentadoria?”

É que o que nós queremos fazer não dá dinheiro, e agora com a minha família crescendo, tenho medo de chutar o pau da barraca, largar o meu emprego estável para depois não conseguir pagar as contas no final do mês, principalmente porque o emprego do meu marido é instável demais.

Por isso resolvi dar um passo de cada vez. A vida é muito longa e na minha cabeça, dará para fazer tudo no tempo certo. 

Vivemos o Hoje com intensidade, mas lembrando que o Amanhã um dia chegará.

Para que este plano dê certo, gosto sempre de ilustrar com este exemplo: um sonho, um futuro, uma meta é como se fosse uma ilha paradisíaca pra mim. Só que eu estou do lado de cá da ilha. Para atravessar, eu preciso construir uma ponte. E aí entra a pergunta que faço sempre: “o que estou fazendo HOJE para construir esta ponte que vai possibilitar a minha travessia AMANHÃ?”


Eu já comecei a construir e atravessar uma parte desta ponte. Para quem quer colocar os planos em ação, no início deste ano eu escrevi um post “a diferença entre Sonho e Meta” que vale a pena ser lido.

Para os descrentes, nos vemos daqui a 15 anos, do outro lado da ilha, quando eu completar 51 anos. 😉

Uma longa viagem começa com um único passo – Lao Tzu

~ Yuka ~

Anúncios

13 comentários sobre “É possível antecipar a aposentadoria?

  1. Gostei, Yuka! Vocês estão conseguindo enxergar uma luz no fim desse túnel tão sombrio? Interessante… Seria excesso de curiosidade perguntar como vocês pretendem fazer isso? Conta pra gente!
    Abraços

    • Oi Silvia! Basicamente estamos gastando menos do que recebemos, e poupando pesado todos os meses. Quando os rendimentos mensais ultrapassarem o que recebemos de salário, será o momento de nos aposentarmos. Não há muito segredo, só bastante planejamento, foco e disciplina. Beijos!

  2. Olá, adorei o seu blog. Estou interessada em entrar mais fundo no mudo do minimalismo. Quando me casei decidi que eu ia me mudar com apenas 1/3 de tudo o que eu tinha, e consegui! Mas tenho tido dificuldades pra juntar dinheiro. Compartilho do mesmo sentimento que vc tem em relação ao trabalho e aposentadoria. Seu marido trabalha com que? No meu caso, eu é que tenho um salário que oscila (sou dentista). Adoraria saber como vc está juntando dinheiro, investindo… algum conselho a respeito disso. =***

    • Oi Camille, meu marido é bolsista de pós-doutorado. Vida difícil essa de pesquisador aqui no Brasil, viu? Sobre guardar dinheiro, eu aprendi a substituir os itens de consumo. Por exemplo, ao invés de pagar TV a cabo por R$150,00, substituí pela Netflix a R$22,50. Ao invés de comprar uma sandália por R$250,00, compro uma por R$50,00. A diferença, eu poupo tudo. O minimalismo me ajudou a frear os gastos, tenho gastado muito pouco, isso também me ajudou a acelerar a nossa poupança. Sobre investimento, é difícil dar palpite, porque cada caso é um caso, por exemplo, tem pessoas que têm perfil conservador, outras, toleram mais riscos. O ideal, Camille, é ir por etapas. Comece guardando 1% do seu salário e vá aumentando gradativamente (fazendo as substituições que te falei). Não se prenda nos 10% que todo mundo fala. Se você conseguir chegar nos 20%, 30%, ou até mais, ótimo! Enquanto isso, leia na internet sobre tipos de investimentos. Com o tempo você vai perceber o prazer de ver seu dinheiro aumentar. Um beijo.

  3. Bom post, Yuka. Faço parte dessa turma tbm : q quer aposentar mais cedo para se dedicar a outras coisas. Penso que a vida seja curta demais. Como diz a Palavra de Deus: um sopro. E não deve ser gasta, então, com atividades que não nos trazem prazer. Li em um post que vc é funcionária pública, como eu, e tbm passa pelo dilema da “estabilidade”. Busquei o emprego público por causa disso, mas percebo agora que esta “vantagem” se tornou prisão. Invisto em fundos de renda fixa e algumas letras de crédito, almejando a aposentadoria pra daqui 20 anos. E não há dúvida de que o estilo de vida minimalista tem me ajudado a conseguir poupar no momento, e ajudará depois quando me aposentar. Um abraço.

    • Oi Estéfano, sim, sou funcionária pública, e isso é ao mesmo tempo muito bom pela estabilidade, mas muito ruim porque como você disse, me deixa presa e com medo de trocar de emprego ou de cidade, por exemplo. Realmente, o minimalismo tem me ajudado a perceber cada vez mais das coisas que não preciso ter. Eu só sinto por não ter descoberto antes (de que poderia me aposentar cedo). Mas penso também, antes tarde do que nunca, né? Pretendo ensinar minhas filhas a desde cedo pouparem, quem sabe assim, elas não conseguem escapar dessa escravidão moderna? Um abraço pra você também.

  4. Adorei a reflexão.
    Com planejamento, tudo pode ser feito. Algumas coisas demandam mais tempo, mas no final tudo dá certo.
    Infelizmente, com essa nova reforma na previdência, pagar um plano privado se tornou quase obrigatório. Afinal, não vivemos para trabalhar e pagar contas não é?
    Na minha família tem histórico de gêmeos, e minha prima quer engravidar, deseja gêmeos porém considera o planejamento financeiro para que as coisas básicas não faltem. Ela descobriu que a Caixa tem um plano chamado “gravidez premiada” que paga uma “indenização” as mães que engravidam naturalmente de gêmeos, com carência de 9 meses.
    Tendo ou não dois bebês, achei o planejamento dela fantástico. Sempre pensando no futuro.

    • Oi Aline, olha que legal, eu nem sabia que a Caixa tinha esse tipo de seguro. Para a sua prima que tem uma chance razoável de ter gêmeos, é uma boa mesmo. Eu sempre digo para o meu marido, que planejar, faz a gente poupar dinheiro rsrs. Beijos.

      • É verdade, ja me informeo sobte isso na caixa, ja que planejo filhos e ha mtos gemeos naturais na mi ha familia. Se nao me engano chama Seguro Mulher, que inclui uma consulta no ginecologista e alguns exames femininos por ano. Pra quem nao tem plano, é intetessante.

  5. Parabéns pela decisão e iniciativa do casal!! Ficarei feliz quando atingirem seus objetivos!!
    Quando somos jovens, acreditamos que o amanhã é uma coisa distante, que não vai chegar para nós. Ano passado me vi com 34 anos e nenhum plano para o futuro. Achava que por ser funcionária pública estava com tudo garantido. Doce ilusão. Quando embarquei na jornada minimalista, veio também a educação financeira e preocupação com o futuro. Montei uma carteira de investimentos voltada para cada um dos meus objetivos, seja de curto, médio ou longo prazo, inclusive minha aposentadoria. Calculo que daqui a 20 anos poderei me libertar e me dedicar ao que realmente me dá prazer. E você falou algo certíssimo. Tudo tem que ser planejado, calculado, não pode ser no calor do momento. Sou uma pessoa sistemática e organizada, e isso me ajuda muito. Fico apenas preocupada com meu marido. Ele não pensa como eu e acha que nunca teremos imprevistos ou ficaremos velhos. Acha bobagem minha preocupação. Já conversamos, mas foi em vão. Eu faço a minha parte e me preparo. Talvez quando tivermos filhos ele mude a percepção das coisas. Até lá, sigo sozinha!!

    • Oi Camila, infelizmente ou felizmente, cada pessoa tem o momento certo para a ficha cair. A minha, caiu em 2015 quando minha filha nasceu. A sua, veio junto com o minimalismo. Vá conversando aos poucos, introduzindo o assunto de uma forma leve nas conversas do dia-a-dia, quem sabe ele não entra na mesma sintonia que você? Eu tenho várias amigas e colegas de trabalho que eu tentei convencer sobre a importância de guardar dinheiro, investir para o futuro. Sabe quem me ouviu? Ninguém. Por isso eu percebi que tem que esperar a pessoa estar pronta. O que nos resta é conversar e aguardar. Beijos.

  6. Oi Yuka, tudo bem? Adorei tua reflexão. Mas eu acho tanto tempo 15 anos. É a juventude/meia idade inteira 😕 Entendo que a estabilidade é importante, mas ela tem um preço alto. Se vc gosta do emprego e vai feliz acho que faz bem em continuar. Se ir pro trabalho começa a ser um peso, talvez seja hora de repensar. Talvez empreender fazendo algo que gosta seja um bom caminho pra se aposentar mais cedo… Mas entendo que na prática as coisas não são tão simples. Beijos 😘

    • Oi Rosana, 15 anos é muito tempo mesmo, mas apesar dos apesares, meu trabalho é tranquilo (ou aprendi a lidar de uma forma tranquila), e recebo um salário relativamente bom. Daí o motivo de fazer uma boa reserva financeira para depois “largar a pá” e fazer coisas que não dão dinheiro. Eu e meu marido estamos há um tempo amadurecendo uma ideia para empreender, mas como o índice de empresas que fecham nos primeiros 5 anos é impressionante, sabemos que precisamos estudar, analisar o mercado, nos preparar, para somente largar o emprego. O pedido de 15 anos que estipulamos é um prazo pessimista, nós achamos que conseguiremos em um período mais curto. Beijos pra você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s