Como você faz para seu dinheiro render?

esticar-dinheiro

Esses dias fui passear no Shopping Cidade São Paulo, na Avenida Paulista. Não conhecia, apesar de ter sido inaugurado em 2015, nunca tinha tido curiosidade de conhecer. Só que tive um curso quase ao lado desse shopping, e como uma espécie de curiosidade, resolvi entrar.

Gente, o que é aquilo? Eu me assustei demais com os preços.

Tudo bem, sei que eu não sou rica, mas também não acho que recebo um salário ruim para ter me assustado tanto com os preços. Talvez porque eu perdi o costume de passear em shoppings, então pode ser que eu esteja desatualizada com os preços “normais” de shopping… mas pensem comigo, é normal pagar R$480,00 por um vestido de verão?

Sandalinhas rasteiras a R$280,00?

Entrei numa loja de brinquedos e a maioria estava tudo na faixa dos 99. Ou seja, R$299,00; R$399,00; R$499,00. Quando vi um brinquedo por R$599,00 eu resolvi ir embora para casa, porque foi demais pra mim.

E entendi porque meu salário rende tanto. Porque eu sei que o mesmo dinheiro pode ser utilizado de outras formas. Sei que há produtos de qualidade superior que o preço acompanha a qualidade. Mas também há muitos casos em que o preço não acompanha a qualidade, onde somente a marca é famosa e traz status.

Se eu consigo achar vestidos bonitos por R$80,00, porque eu pagaria um que custa R$480,00 e que cumpre exatamente a mesma função?

Antes eu achava normal pagar R$300,00 (o casal) em um restaurante, até eu pagar este valor em um restaurante bem famoso que possui menu único (e cá entre nós, nem achei tãaaao gostoso assim), e vi o absurdo que eu tinha feito com o meu suado dinheiro.

E desde então, eu e meu marido começamos a repensar de que forma temos gasto o nosso dinheiro.

Ao invés de pagar R$80,00 por uma pizza delivery, pagamos R$40,00 por uma igualmente boa (só tivemos que pesquisar por mais tempo).

Ao invés de comer em food truck’s, comer em pé e pagar R$120,00, começamos a procurar lugares bons e baratos para comer. Outro dia encontramos uma lanchonete que não dávamos nada, pedimos 4 esfihas deliciosas, 2 jarras de suco de melancia perfeitas e pagamos R$27,00.

Até para comprar verduras, frutas e ovos começamos a ir numa outra feira. Ao invés de pagar R$9,80 pela dúzia do ovo, passei a pagar R$3,80.

Outro dia, eu até pensei em levar minha filha e meu sobrinho no Aquário de São Paulo. Mas quando descobri o preço, eu decidi não ir. Custa R$80,00 adulto e R$50,00 infantil (de 3 a 12 anos) e eu gastaria R$210,00 de entrada (2 adultos, 1 criança e 1 bebê não pagante), fora o metrô e o táxi. Definitivamente não vale a pena para mim. Só que eu não desisti de ir no aquário. Minha família é de Santos, e também tem um aquário lá e o ingresso custa R$5,00 adulto e entrada gratuita para menores de 12 anos e maiores de 60 anos. Para fazer praticamente o mesmo tipo de passeio, ao invés de pagar R$210,00, eu pagaria R$10,00. Ah, tem um aquário bem pequeno também no Parque da Água Branca (São Paulo). Para uma criança que não tem nem 2 anos, e não consegue ficar por muito tempo concentrada, achei ótimo pagar R$3,00.

É disso que estou falando. Pra mim e para o meu marido, procurar estes tipos de locais virou a nossa diversão.

E assim eu vejo meu salário se esticando e sobrando cada vez mais.

Eu chamo isso de gastar bem o dinheiro. É saber valorizar o TEMPO que eu dei para a minha empresa em troca de um salário.

~ Yuka ~

Anúncios

22 comentários em “Como você faz para seu dinheiro render?

  1. Gostei de saber que sua família é de Santos. Também sou! E sim…tb tô achando tudo muito caro. Roupa pra criança/ bebê então nem se fala…
    Um beijo e volto a dizer que amo ver que tem post seu na minha caixinha de email.

  2. Ai Yuka … gosto tanto da sua “companhia” , vc não sabe, mas somos amigas, hehe

    Penso exatamente igual a você, mas evito ter papos sobre isso com outras pessoas, pq pareço um e.t.e. … áte parece q o limitador de algumas pessoas é somente o fato de conseguir pagar ou não, parece que se quer pensam se realmente vale a pena, o item ou serviço.

    Por exemplo, eu costumo cortar meu próprio cabelo há uns 8 anos… comprei até uma tesoura profissional … eu corto exatamente do jeito que eu gosto, e exatamente o “quanto” eu quero cortar… e eu realmente considero que eu faço o serviço bem feito … Antes quando comentava com alguém as pessoas me chamavam de mão de vaca, ou de louca … mas não acho necessário gastar por algo que posso fazer bem sozinha … hoje em dia algumas amigas próximas até pedem pra eu cortar o cabelo delas rs

    Até a próxima 🙂

    1. Oi Bia. Adorei o “você não sabe, mas somos amigas” rsrsrs. Você é que nem eu, não consigo cortar cabelo (ainda rsrs), mas faço as minhas unhas em casa, porque faço muito bem feito. Acho até que faço melhor do que se eu for na manicure. Então não vejo necessidade de gastar meu dinheiro pra fazer uma coisa que eu mesma posso fazer. E isso não significa que sou mão de vaca ou coisa parecida, né? Olha aí no seu caso, se começar a cortar cabelo das amigas vai virar uma renda extra heim. Beijos.

      1. Tenho poucos amigos, mas próximos, então acabamos virando uma espécie de “comunidade” hehehe, vai ter festinha, eu faço o bolo, a outra os docinhos … o outro o churrasco … vamos pra casamento, eu faço os cabelos ai a outra faz a maquiagem hehehe

        Sério fica realmente legal, a economia acaba vindo, mas não é o foco principal … Fazer as coisas junto aproxima as pessoas… há uns anos meu irmão resolveu fazer uma casa na árvore pra filha dela, no final gastou bem mais do que comprar uma casinha pronta… mas meu pai, irmão cunhado, todos trabalhando junto pra fazer uma casinha de madeira não teve preço …

        Tem um documentária na Netflix , chama “Happy – Você é Feliz?” , se tiver a oportunidade de assistir é muito legal …

        bjo e boa semana

        1. Muito legal o jeito que você e seus amigos trocam serviços. Também tenho poucas amigas, mas no meu caso, a maioria mora em outras cidades. Uma pena. Ontem assisti no Netflix um documentário que uma leitora recomendou, Os Minimalistas. Muito bom. Vou tentar assistir hoje à noite o Happy que você recomendou. Um beijo.

          1. Assisti esse documentário dos minimalistas … Gostei , mas gostaria mais de abordasse como eles vivem mesmo nos.detalhes …. Mas enfim bom documentário , mas o Happy me tocou … Boa noite bjo

  3. Oieee!! Depois que comecei minha jornada minimalista e minha vida de investidora, hoje minha maior alegria é ver meu dinheiro sobrar e ser investido. Adoro ler sobre economia, taxas de juros, melhores investimentos, etc. Não tenho mais alegria em passear em shoppings, olhar vitrine, etc. Malho numa academia que fica dentro de um shopping, mas as pessoas não acreditam quando digo que vou direto pra academia,sem ficar “sapeando” por lá, tanto que nem sabia de lojas novas que abriram. Simplesmente ignoro. E quando vejo os preços, assim como você, me assombro!! Mês passado foi aniversário da minha sobrinha, e queria dar um kit de médico, pois sempre brincamos de “boneca dodói”…fui ver o preço de um kit desse no shopping, e custava 79,90 o mais simples e 99,00 um que era das princesas. Fui olhar em uma loja mais popular do centro da cidade, achei um kit muito legal, cheio de acessórios por 10,00!! E pensa na felicidade da minha sobrinha. Criança não faz distinção de caro/barato/grife… preço e valor são coisas diferentes, que precisam ser ensinadas desde cedo. Hoje, meu tempo rende e meu dinheiro sobra, levo uma vida leve e tranquila, não volto para a vida antiga por nada nesse mundo!!!

    1. Oi Camila, é justamente disso que eu falo. Você gastou bem o seu dinheiro comprando um presente bom por R$10 ao invés de pagar R$99. A criança brinca igual, se diverte da mesma maneira, e seu bolso agradece. Tenho gostado muito de fazer essas substituições. Um beijo!

  4. Oiiii Yuka.Adoro vc. Aguardo ansiosa final de semana pra ler seus textos.Penso como vc…apesar dos meus 62 anos,ja aposentada…e vejo a vida como vc. bj.grande.

  5. Oi Yuka! É sempre muito bom ler seus textos…me fazem refletir. Onde eu moro (Uberlândia- MG) tbm é assim: preços altíssimos nos Shoppings e coisa boa e barata nas lojinhas do centro da cidade, às vezes são os mesmos produtos! Quero a cada dia gastar meu salário com mais inteligência…isso me dá uma sensação tão boa!!!Beijão pra vc e sua família!

    1. Oi Jucélia. É muito bom mesmo quando a gente aprende a esticar o nosso dinheiro. Antes, eu não tinha essa consciência, e pagava muito caro por algumas coisas. Hoje, não tenho mais essa coragem. Ainda bem rsrs. Um beijo pra você!

  6. Tudo é relativo. Ha um aquario em Paranagua,Pr que custa 10,00 e para moradores do litoral paranaense custa metade do preco.Ele é ótimo. Acho muito bem pago. No entanto, ja paguei 80,00 para ver uma exposicao de corpos humanos reais. Orgaos e corpos abertos milmetricamente, como obras de arte. Visualizar a mulher gravida com o feto e tudo, me impactou demais e me fez dar mais valor a vida. Se nao me engano é uma exposicao da China e percorre o mundo. Trabalho na area da saude e sei que uma exposicao dessa magnitude nao voltara tao cedo a Curitiba. Nesse caso, acho que os 80,00 foram mto bem pagos.

  7. Uns dias atrás me deparei com essa frase em uma rede social: “O fusca te leva ao mesmo lugar que a BMW. Cachorro quente mata a fome da mesma forma que caviar, a água de qualquer praia é salgada como a de Fernando de Noronha. Você só não aproveita sua vida porque quer ter a vida dos outros. Esquecemos que as oportunidades vão embora e só nos resta gratidão pelo que temos. Felicidade é um estado e não um bem material”. Pra mim faz tooodo sentido e creio que tem tudo a ver com o que você quis dizer nesse post! Beijos.

    1. Amei essa frase! É exatamente isso que sinto. Prefiro usar roupas boas com preço justo do que roupas caras só por causa de uma etiqueta. Ter um fogão 4 bocas que uso com maestria do que ter um de 6 bocas e deixar 2 bocas sem usar… Outro dia deixei de comer um churros de R$12,00 porque sei de um lugar que eu amo que vende por R$3,00 (e se duvidar, deve ser mais gostoso). E vamos valorizar nosso dinheiro (e tempo de vida que gastamos para receber esse dinheiro) cada vez mais! Um beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s