Como planejamento é importante para evitar dor de cabeça e viver sem estresse

Meu marido é bolsista de pós-doutorado. Ou seja, a cada 2 anos, ele precisa de projetos novos para receber o salário.

Para quem é novo por aqui, a minha segunda filha acabou de nascer, e o nascimento dela coincidiu com o término do projeto de pesquisa dele. Com a restrição orçamentária no novo governo, nem preciso falar que meu marido não conseguiu renovação do projeto.

Numa situação normal, talvez eu ficasse muito chateada, triste e preocupada. Mas desde que começamos a namorar, sabia que o emprego dele tinha a parte boa (flexibilidade de horário) e a parte ruim (instabilidade financeira), e nós nos preparamos para este dia, guardando dinheiro.

O que era para ser uma notícia ruim, se transformou numa notícia boa graças ao planejamento: ficar em casa no período em que minha segunda filha nasceu, significa que meu marido poderá acompanhar de perto a minha licença-maternidade.

O planejamento tem feito a gente viver sem estresse em muitos casos.

Na época da crise da água (em 2015), eu fiquei com muito medo de faltar água em casa, principalmente porque estava grávida da minha primeira filha. Contra todas as risadas que eu ouvi, eu comprei uma bombona para armazenar 200 litros de água no meu apartamento.

bombona

Armazenar água me deu uma sensação de segurança impagável. E olha o que aconteceu. Tive a minha filha na maternidade, e no primeiro dia em que voltamos para casa, aconteceu o que eu temia: não tinha 1 gota de água nas torneiras do prédio. Era uma situação desesperadora não ter água nem para dar banho na minha filha. Mas eu tinha água na bombona, e foi com essa água que cozinhamos, demos banho, lavamos as roupinhas. Ter feito um planejamento evitou estresse e eu lembro desse período com muito carinho, apesar da falta de água do prédio.

Sei que fazer planejamentos não é tão fácil como parece, mas tente.

Meus planejamentos geralmente começam assim, comigo pensando no pior cenário possível (por exemplo, no caso da crise hidráulica):

“Se a água da torneira acabar, o que eu poderia ter feito para que eu tivesse água por maior tempo?”

E aí vão surgindo algumas respostas.

No caso, foi estocar água no apartamento. Se a resposta é estocar água, vão surgindo outras dúvidas: Onde estocar? Como estocar? Qualquer recipiente serve? Etc.

O bom de planejar com antecedência é que esta prática nos livra de muitas dores de cabeças futuras.

~ Yuka ~

Anúncios

8 comentários em “Como planejamento é importante para evitar dor de cabeça e viver sem estresse

  1. Olá Yuka,
    Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo nascimento da sua filhinha. Aproveite bastante sua família.
    Mas também quero que você saiba que é uma inspiração pra mim. Sempre que estou desanimada ou com alguma problema venho aqui ler seu blog e me animo com sua maneira de levar a vida. Você faz tudo parecer tão simples. Te admiro muito e espero poder te acompanhar por muitos e muitos anos. Mesmo sem te conhecer parece que somos amigas. Beijo grande.

    1. Oww Janaina, como você deixou meu dia mais feliz com o seu comentário carinhoso! 😊 Também gosto muito de escrever nesse blog e ler os comentários dos leitores que são tão legais comigo. Ao longo desses 4 anos, eu percebo muitas mudanças em mim, inclusive amadurecimento. E o que eu sempre mais desejo é que mesmo eu mudando tanto ao longo dos anos, que os leitores continuem comigo nessa minha caminhada de descobertas. Um beijo grande pra você também.

  2. Oi Yuka, por aqui passamos por uma situação semelhante e perdemos 50% das nossas receitas 3 meses depois que nossa filha nasceu. Já sabíamos da instabilidade e tínhamos (ainda temos) um fundo de emergências. Além disso só compramos à vista. Não ter nenhuma dívida trouxe uma tranquilidade imensa.
    Certamente não gostaríamos de passar por isso, mas nosso planejamento tornou as coisas mais leves (ou menos complicadas).
    Que bom que também se preveniram, inclusive em relação à falta de água 🙂

    1. Cada ano que passa, Bruna, eu percebo que planejamento é um dos pilares essenciais para viver uma vida mais leve, sem estresse. Você é mais um exemplo do que estou falando, são raras as pessoas que possuem reserva de emergência, e o fato de você ter uma reserva, possibilitou passar alguns meses com um pouco mais de tranquilidade, mesmo tendo uma bebê recém-nascida. Pena que não aprendemos sobre a importância do planejamento e de como pôr em prática na escola.

  3. Olá Yuka,
    Parabéns pelo blog e pelo nascimento da sua filha. Descobri seu blog há alguns meses e estou aqui todas as semanas.
    Você já assistiu o documentário “Minimalism” no Netflix? Assisti hoje e achei sensacional. Vale a pena ver!

    1. Cláudia, olha que coincidência!!! Ontem mesmo, meu marido perguntou se eu conhecia esse documentário do Netflix e eu disse que não. Tanto que a gente colocou na lista de filmes para assistir. E 5 minutos depois você me manda esse comentário. Muita coincidência né? Vou assistir! Obrigada pela dica!

  4. Yu minha amiga querida, Muito feliz pela chegada da nossa pequena… Há tempos não passava por aqui. Admiro muito a forma com tem encarado e planejado a vida de vocês. Tenho certeza de que esse momento para o nosso amigo também será uma fase e com certeza uma oportunidade para ficar mais tempo com vocês.. Logo ele estará muito bem colocado. Um abraço apertado em todos vocês… saudades. bjks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s