O que de fato significa não ter muitas opções de roupas no guarda-roupa

steve-jobs

Já faz alguns anos que estou com um guarda-roupa enxuto. E com isso percebi que além da economia em dinheiro, as escolhas vão se tornando cada vez mais simples.

Ao invés de ter vários sapatos, ter somente aqueles que são confortáveis e que eu realmente uso agiliza na hora da escolha.

Ao invés de me perder entre 20 blusas pretas, tenho somente aquela que fica perfeita no meu corpo. Ter menos roupa no guarda-roupa significa menos roupa para amassar, menos roupa para lavar, menos roupa para passar, espaço para guardar, perco menos tempo decidindo qual roupa usar.

Com o tempo, percebi que as minhas compras são feitas para substituir as atuais. Ou seja, compro um sapato preto quando o sapato preto que tenho ficou desgastado. Compro uma meia-calça quando a que eu tenho fica velhinha.

Esses dias minha mãe comentou que a roupa que vou passear, é a mesma roupa que vou para o trabalho ou que vou à feira. Sim. Minhas roupas estão bem mais simples. Como não tenho tantas opções, uso a mesma roupa em vários eventos e só capricho nos acessórios (colares, brincos, pulseiras, echarpe etc).

Tomar a decisão de diminuir as opções num período em que o que mais se tem são opções, parece soar estranho. As pessoas podem me perguntar “Por que escolher esta blusa se pode ter outras melhores?”, “Por que ter apenas 1 calça preta, se pode ter uma calça preta com brilho, outra boca de sino, outra skinny, outra de couro”…

Porque simplesmente é mais fácil não precisar tomar tantas decisões no dia. Claro que não sou o Steve Jobs ou o Mark Juckerberg que usam somente 1 modelo de camisa e calça. Mas o fato é que não ter muitas opções, realmente facilita a administração do guarda-roupa e me faz ter o privilégio de usar todas as roupas que tenho com uma frequência muito maior.

~ Yuka ~

Anúncios

11 comentários sobre “O que de fato significa não ter muitas opções de roupas no guarda-roupa

  1. Bom dia Yuka! Ainda estou no processo de destralhe….quero um dia bem próximo ter somente coisas que eu uso e me faz bem. O mais difícil para mim são as coisas de cozinha, por incrível que pareça tenho presentes do meu casamento de dez anos que tenho dó de usar. Fico com vergonha de dizer, mas é a verdade…Um forte abraço e tudo de bom para sua família!

    • Oi Jucélia, tudo bem? Eu também era assim, ganhava um jogo de jantar e só queria usar em ocasiões especiais. Até que no meu caso, meu primeiro casamento terminou e eu percebi que nunca tinha se quer usado uma única vez. Eu percebi que poderia ter aproveitado mais, curtido os momentos, ao invés de guardar para depois. Outro caso foi o da minha mãe. Ela tinha um guarda-chuva que era o maior xodó, um mimo só, nem usava. Depois de muitos anos, ela foi dar uma olhada e descobriu que o guarda-chuva estava todo manchado e enferrujado. Então, minha querida Jucélia, eu sei que é difícil usar as coisas que a gente gosta, mas o ideal é tentar aproveitar mais o momento, lembrando que amanhã podemos nem estar mais neste mundo. Tenho certeza que seus jantares ficarão muito mais caprichados e lindos com você usando seus presentes de casamento. Um beijo.

  2. Olá Yuka,
    Também estou reduzindo há algum tempo e daqui pra frente pretendo fazer apenas substituições por pecas de melhor qualidade. Tenho poucas roupas e sapatos e facilita muito. Também uso as mesmas roupas para trabalhar e passear e sinto que não desperdiço porque uso muito tudo que tenho. Tenho hoje 55 peças de roupa e 8 pares de sapato e sou muito mais feliz assim.

    • Eita, nunca cheguei a contar as roupas que tenho, mas acho que devo ter mais que você. Como estou grávida, só estou usando roupa de gravida, mas quando eu emagrecer, daí vou cuidar mais do meu guarda-roupa, ver quais itens não me servem mais. Beijos!

  3. Sou da mesma forma que você. Hoje tenho bem menos roupas do que antes, porém peças de qualidade, com bom corte e caimento. Gosto de estar sempre arrumada e trabalho bem vestida, dessa forma sempre estou pronta para os compromissos/aulas/etc após o trabalho. Também uso as mesmas roupas para passear fds, sem neura. Uso um app chamado stylicious, assim consigo criar mil combinações com as roupas que já tenho, e passo meses usando as mesmas roupas mas sem repetir um único look. Ajuda demais. Tenho algumas roupas especiais para a noite, porém estou numa fase bem caseira, então é bem difícil eu usar! Beijos

    • Oi Camila, não conhecia o aplicativo, já até baixei no celular. Mas preciso esperar pouco para começar a usar, pois estou grávida de 8 meses então já viu né? Quando eu emagrecer, vou tentar usar o aplicativo para me organizar melhor. Beijos!!

  4. Eu tento ter um guarda-roupas mais simples e minimalista, mas é difícil demais tendo uma mãe como a minha. Toda hora preciso fazer a limpa e doar ou vender num brechó porque fica complicado demais tantas roupas pra uma pessoa só… O pior é falar com ela que não preciso de nada e mesmo assim continuar ganhando. É um caso perdido.

    • Oi Érica, imagino mesmo que ter interferências não deva ser nada fácil. O jeito é continuar conversando com ela de que não precisa de tantos presentes. Minha mãe por exemplo, agora está dando presentes em dinheiro, o que ajuda muito, pois assim posso comprar o que realmente estou precisando. Beijos!!!

  5. Pingback: O que de fato significa não ter muitas opções de roupas no guarda-roupa – Mude Seu Estilo de Viver

  6. Pingback: Links interessantes da semana #11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s