20 coisas onde parei de gastar dinheiro

dinheiro-aviaozinho

Outro dia estava pensando em quantas coisas deixei de comprar porque não vejo mais necessidade… E essa lista têm aumentado com o tempo. Vejam só:

1.) TV a cabo:

Gastava um bom dinheiro mensalmente na TV a cabo até que um dia caiu a ficha de que eu não assistia muita televisão. Sentava no sofá e nunca conseguia assistir nenhum programa ou filme do começo, e ficava trocando de canal em canal para tentar assistir alguma coisa do início.

2.) Assinatura de revistas:

Desde 2004, não assino mais nenhuma revista. Acesso jornais e revistas pela internet.

3.) Taxa de administração de banco:

Eles não cobram muito, é verdade. Mas se somar a taxa de administração de todos os meses do ano, mais a anuidade do cartão de crédito, dá uma soma considerável por ano. Conversei com o gerente e hoje estou isenta destas taxas.

4.) Anuidade do cartão de crédito:

Converse com o seu gerente. Também estou isenta desta anuidade.

5.) Garantia estendida:

Sempre achei que se é para um produto quebrar, ele vai quebrar antes do primeiro ano. Nunca paguei garantia estendida, pois pra mim é gastar dinheiro desnecessariamente.

6.) Garrafa de água:

Todo lugar que eu vou, levo sempre a minha garrafa de água.

7.) Jóias:

Nem sei se pode ser considerado como jóia, mas a única jóia que tenho é a aliança que meu marido me deu de casamento e um anel que minha mãe me deu de presente. Não compro jóias, é um simbolismo que não ligo.

8.) Roupa da moda:

Não acompanho a moda, tento sempre comprar roupas que tenham bom caimento para o meu corpo, independentemente da moda, como uma calça alfaiataria, uma blusa com corte sequinho, etc.

9.) Manicure:

Fui na manicure 1 vez e achei que eu faço melhor que as moças (olha a humildade da pessoa rsrs). Depois disso, eu mesma passei a fazer as unhas.

10.) Pequenos ajustes em roupas:

Vocês já estão carecas de saber que eu tenho uma máquina de costura. Não sei costurar roupas (ainda), mas pequenos ajustes eu aprendi a fazer assistindo o YouTube.

11.) Bilhete de loteria:

Eu compro os bilhetes de loteria quando estes estão muito acumulados, isso dá umas 3 vezes por ano. Não compro semanalmente, prefiro guardar o meu dinheiro.

12.) Locadora de filmes:

Como eu assino a Netflix, não alugo filmes em locadoras.

13.) Black Fraude:

Olha, até tentei acompanhar o preço de um novo notebook, pois o que eu tenho está bem velhinho, mas tenho que concordar, é uma fraude mesmo. Os preços não tiveram desconto significativo.

14.) Presentes desnecessários:

Antes eu comprava presente de aniversário para as pessoas mais próximas, mas com o tempo fui percebendo que eu dava os presentes, mas nunca ganhava presentes. Hoje, só dou presentes para a minha mãe e para a minha sogra.

15.) Lembrança de viagens:

Outra coisa que parei de comprar com o tempo. Eu tenho o costume de viajar todo ano, e no início, comprava lembrancinha para todo mundo. E essas lembrancinhas davam uma soma considerável na viagem. Parei, né?

16.) Absorvente íntimo:

Já contei aqui que eu morro de amores pelo meu coletor menstrual.

17.) Sabão em pedra e detergente:

Eu aprendi a reciclar o óleo usado para produzir sabão em pedra. Antes tinha bastante desconfiança em relação a sabão caseiro, mas depois do “teste de qualidade” do meu marido, passamos a usar sabão em pedra feito em casa. Utilizo esse mesmo sabão para lavar as louças. Faz bastante espuma e os copos e talheres ficam brilhando.

18.) Combo de produtos:

• Internet + TV a cabo + telefone = $$$$$

• Plano de celular + WhatsApp + mensagem ilimitada + bônus de R$10,00 para falar com qualquer operadora = $$$$$

Será que precisa de tudo isso mesmo? Há 2 anos, quase fiquei maluca falando no telefone para a atendente da NET porque eu queria cancelar a TV a cabo, mesmo ela explicando que valia a pena o combo, que ficaria “apenas” R$30,00 a mais. Ué, não preciso e ponto final.

19.) Alguns temperos como salsinha, cebolinha, alecrim, tomilho etc:

Como tenho a minha hortinha, quase não compro mais temperos.

20.) Canetas, lápis e caderno de anotações:

Parece mentira, mas não lembro a última vez que comprei canetas, lápis e caderno de anotações para mim. Sempre ganho em reuniões, eventos e congressos que participo.

~ Yuka ~

 

Anúncios

23 comentários sobre “20 coisas onde parei de gastar dinheiro

  1. Oi Yuka, por aqui também não gastamos mais dinheiro com quase todos os itens da sua lista. Com exceção do detergente e da TV a cabo. Essa eu tentei cancelar este ano mas meu marido ainda não se convenceu. Tenho percebido que assisto cada vez menos TV e, quando tenho tempo, prefiro algo no netflix ou youtube. Enfim, ainda chegamos lá 🙂

  2. Oi Yuka,
    Eu tb tenho vários itens da lista que sigo… alguns ainda não… outro item que não gasto é o cabelo, eu corto, hidrato, aliso… vou no salão só p fazer luzes… o sabão em pó vem na cesta básica e sobra o de barra que eu dou pra minha mãe (ela aprendeu a fazer sabão liquido pra lavar roupa com ele e limpa super bem… e olha que ela é do tipo que só usa aquele de marca famolsa!!!.. adoro ler seus posts fico muito feliz qdo tem coisa nova… escreve mais sobre cuidados e rotina com bebe…

    • Oi Andreia! Cabelo ainda não consigo cortar rsrs, quem sabe mais pra frente? O sabão caseiro foi uma surpresa pra mim, ela faz muita espuma e lava muito bem, por isso até o meu marido que é meio exigente, passou a usar com gosto. Pode deixar que em breve posto sobre a rotina com a bebê. Um beijo!

      • Nossa o cabelo é muito fácil… eu cortei primeiro em V repicado, caso desse errado eu iria pro salão. Como sempre quis doar o cabelo eu deixei crescer 3 anos, fui cortando só as pontas em V, (mesmo com luzes e alisado pode doar sim). Qdo chegou na cintura eu cortei o long bob (vi no youtube: separei em mechas pequenas, coloquei elastico, corte; depois amarrei atrás e fiz uma versão curta do “long bob”; Minha cabeleireira (q faz as luzes) não sabe q eu mesma corto eu falo q é minha mãe e ela sempre elogia o corte, fala q minha mãe deveria fazer um bico com ela, então tá aprovado né… não tá torto… rsrsr

  3. Muito legal a lista, Yuka!
    Eu cancelei minha TV há mais de 1 ano. Pagava caro e pouco assistia. Hoje, divido o Netflix com a minha irmã e estou satisfeita 🙂
    Meu próximo passo é cancelar o telefone, pois quase não uso e sempre passo meu celular como contato principal. Quero economizar em muito mais coisas, mas ainda estou num processo de aprendizado!

    Beijos, Boa semana!

    • Cancelar o telefone é uma ótima ideia. O meu plano de telefone nem existe mais, pago somente o que uso, sem ter que pagar mensalidade. O gasto é pequeno, mas somando todos os gastos, é uma economia considerável.

      • Eu uso bem pouco també e não acho que fará falta. Até liguei na minha operadora e me disseram não valer a pena, pois seria apenas 20,00 a menos na conta. Mas, se eu por no papel: 20,00 X 12 = 240,00.
        Mensalmente pode não fazer diferença, mas anualmente faz sim. E é como você disse: é uma economia considerável!

        Bjs

      • Eu aprendi a pensar por ano há pouco tempo, ao invés de pensar por mês. Nos EUA as pessoas têm o costume de pensar por ano (gasto anual, salário anual, etc.) E pagar R$15,00 por mês de tarifa bancária pode não ser muito, mas no ano dá R$180,00. Foi assim que comecei a descobrir aonde o meu dinheiro ia embora. Beijinhos.

  4. Eu também deixei de pagar muitas coisas, como anuidade de cartão, taxas bancárias (é só conversar com o gerente), ainda temos tv a cabo em casa porque apesar de baixar muita coisa e ter netflix (que eu divido com minha amiga e minha irmã), alguns programas que amamos tem só mesmo lá, mas não acaba saindo tão caro porque temos combo e dividimos por 3, então sai bem barato(fora que sempre pedimos desconto e pagamos no débito).
    Sempre economizei na área da beleza, nunca paguei por esfoliante corporal (uso borra de café, açúcar ou fubá), hidratação no cabelo(compro cremes bons em promoção e pego receitas caseiras em grupos de cabelo), depilação eu mesma faço na gilete, creme depilatório ou cera.
    Também nunca fui apegada a roupas de moda, sou bem básica e gosto assim.
    Pretendo começar a usar coletor (já faço parte de um grupo no facebook) e pretendo começar uma hortinha de temperos.

    • Oi Alice, o coletor é maravilhoso. No início é esquisito, eu demorei um pouco para me adaptar, mas hoje, preciso até tomar cuidado para não esquecer que estou usando. Fora que é maravilhoso poder ir pra praia, usar calça branca, sair e não se preocupar em trocar o absorvente a toda hora, né? Beijos.

  5. Também não sou de presentear, quando compro é porque sei que a pessoa precisa e vai gostar,no final do ano pensei em dar presentes para meus priminhos ( são 4 com cerca de 2 anos), mas percebi que todos tem muitas roupas/brinquedos, decidi então participar de um projeto e apadrinhar uma criança num orfanato (dei roupas, calçados, brinquedos, toalha e artigos de higiene), gastei até mais, porém me senti bem melhor e farei isso sempre.

    • Muito legal Alice, apadrinhar uma criança… eu morava em um bairro bom mas no final da rua tinha umas familias bem pobres… fiz amizade com uma criança que sempre me falava um oi… e resolvi um final de ano dar um presentinho pra ela… foi a sensação mais gostosa, aquele sorrisão… coisa que eu não tinha nos sobrinhos pq eles tinham de tudo tb…

  6. Ótima lista!!! eu não gasto mais dinheiro com: sabonete intimo, uso o mesmo e tô super bem. Creminho para as mãos (se fizer a conta sai uma fortuna… eu usava o do boticário, 30 pilas pra 75 gramas… to enchendo o potinho com o corpo a corpo da promoção do mercado. Creme pra pentear, uso o condicionador mesmo, eu pesquisei que se não tiver derivados do petróleo (parafina silicone oleo mineral). Silicone para as pontas, uso o oleo de amêndoas mesmo, pois o silicone faz um filme que com o tempo piora. Um monte de produtos de limpeza, eu comprava aquele pato… afff até eu me tocar que é agua sanitaria com detergente e desinfetante… faço eu mesma.

    • Oi Cristina, quanta coisa você já deixou de comprar. São pequenas decisões, mas juntas, tem o poder de economizar muito. Antes eu comprava muitos produtos de limpeza também, mas depois que vi minha filha lambendo o chão, mudei para produtos naturais. Em casa eu uso o vinagre, o bicarbonato de sódio, o sabão caseiro que eu mesma faço e água sanitária. Tem sido o suficiente para manter a casa limpa.

  7. Olá Yuka amo seu blog, como é bom encontrar pessoas que pensam ou tem a mesma visão das coisas como a gente..É libertador viver de forma minimalista sem ter a necessidade de consumir o tempo todo… Você poderia me passar a receita do sabão? Muito obg bjo

  8. há muita gente que fica inventando gastos,compra desnecessariamente e faz empréstimos apenas para ostentar, aí quando tá lotado de contas, vem dizer que é olho gordo, não tem sorte na vida e etc… se todas as pessoas pensassem assim nunca estariam altamente endividadas.

    • É verdade. Mas o que percebo cada dia com mais frequência e intensidade, que é muito mais fácil culpar os outros pela própria infelicidade. As pessoas não querem abrir mão de nada, e daí vão se enforcando cada vez mais. Um abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s