Como manter uma casa minimalista

escada

Uma das coisas fundamentais para manter uma casa em ordem e sem tralhas é saber delimitar um espaço para cada conjunto de objetos e tentar deixar os objetos pequenos fora de vista em gavetas e caixas.

Em casa, tenho feito o seguinte:

Superfície lisa: quanto mais superfícies lisas, melhor: mesa, rack, aparador, mesa lateral, embaixo da mesa.

Decoração simples: mantenho uma decoração simplista, com poucos móveis. Os móveis possuem linhas retas e pequenos itens decorativos como vasos de uma só cor.

Cores discretas: padronizo as cores da minha casa em 4 grandes cores: branco, cinza, preto e verde água.

Objetos com espaço delimitado: só compro sapatos novos quando tenho que me desfazer de algum. Não compro além, pois não haveria onde armazenar os sapatos. Faço a mesma coisa com as roupas. Entrou uma peça no guarda-roupa, sai outra. Frequentemente verifico se há alguma coisa que não uso mais (colar, brincos, blusas) para passar adiante. No armário da cozinha, separei um lugar para armazenar os copos. Cabem exatamente 9 copos. Então esse é o número de copos que tenho em casa.

Qualidade ao invés de quantidade: ao invés de ter 10 calças, ter 2 que tenham um caimento perfeito.

Limpeza da casa: tenho um cesto pequeno onde guardo os produtos de limpeza que basicamente são: alvejante, detergente, álcool, vinagre e limpador multi-uso.

Tudo depende da relação entre necessidade e quantidade do espaço que temos disponível em casa. Vale fazer o exercício de analisar os itens da casa com novos olhares e fazer a clássica pergunta: “será que realmente preciso disso?”

~ Yuka ~

 

Anúncios

4 comentários em “Como manter uma casa minimalista

  1. Sem dúvida! Sigo todas essas dicas há vários anos! Quanto às superfícies lisas, apercebi-me que algumas dessas mobílias (como mesas de cabeceira, entre outras) eram completamente dispensáveis, pelo que já não uso mais! Conforme vamos tendo menos, vamos precisando de menos mobília, sobretudo estantes e arrumações que deixaram de ter conteúdos de arrumação 🙂

    Sucesso!

  2. Olá Yuka!

    Sem dúvida! Sigo todas essas dicas há vários anos! Quanto às superfícies lisas, apercebi-me que algumas dessas mobílias (como mesas de cabeceira, entre outras) eram completamente dispensáveis, pelo que já não uso mais! Conforme vamos tendo menos, vamos precisando de menos mobília, sobretudo estantes e arrumações que deixaram de ter conteúdos de arrumação 🙂

    Sucesso!

    Fátima Teixeira
    http://www.musicacomcafe.net

    1. Olá Fátima, realmente, quanto menos coisas, menos mobília. O fato é que nos acostumamos a preencher sempre os espaços vazios, muitas vezes sem necessidade. Um guarda-roupa abarrotado de roupas, sapatos transbordando pela sapateira… Inclusive preenchendo o vazio do coração com pessoas que não são importantes. Um beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s