Utilizando bandejas para organizar a bagunça 

Não tem jeito…

Alguns lugares da minha casa continua sempre bagunçado. Eu me esforço para manter arrumado, mas depois de alguns dias volta tudo outra vez.

Pra sanar esse problema de uma vez por todas, eu comprei algumas bandejas em MDF para espalhar pelos cômodos da casa. São eles:

  • Para organizar a pia do banheiro
Pia do banheiro - ANTES

Pia do banheiro – ANTES

Pia do banheiro - DEPOIS

Pia do banheiro – DEPOIS

Pia do banheiro - DEPOIS

Pia do banheiro – DEPOIS

  • Para organizar a bagunça do “aparador
Aparador - ANTES

Aparador – ANTES

Aparador - DEPOIS

Aparador – DEPOIS

  • Para organizar os remédios de uso diário que ficam em cima da mesa
Remédios - ANTES

Remédios – ANTES

Remédios - DEPOIS

Remédios – DEPOIS

  • Para organizar a bagunça do criado-mudo
Criado-mudo - ANTES

Criado-mudo – ANTES

Criado-mudo - DEPOIS

Criado-mudo – DEPOIS

~ Guta ~

Anúncios

5 comentários sobre “Utilizando bandejas para organizar a bagunça 

  1. Guta, gosto muito do seu blog. Nunca deixo comentário mas faz uns meses que comecei te seguir e devo dizer que me inspirou muito. Moro com meu companheiro em um apartamento pequeno alugado aqui em SP e por não ser daqui, nunca consegui me acostumar à cidade e a forma de vida na qual tudo acontece tão rápido! Faz 9 anos que moro no Brasil e não conseguia encontrar um jeito de me sentir mais em contato com a natureza, com a simplicidade da vida. SP me fez virar uma paulista, hehehe. Eu já estava planejando fazer algumas mudanças aqui por casa e encontrei seu blog: tirando a sua filinha (já virá!, hehehe), o que vc conta da sua vida é muito parecida com a nossa. Então, se vc conseguiu encontrar esse equilibrio entre o que a cidade te pede e que vc decide filtrar. Obrigada pelo seu blog.

  2. Ficou metade do meu comentário publicado 😦 Final da frasel: Então, se vc conseguiu encontrar esse equilibrio entre o que a cidade te pede e o que vc está disposta a negociar com ela, aquilo que vc decide filtrar e aquilo com o que vc decide ficar, o resto de nós também podemos. Obrigada pelo seu blog!

    • Oi Muna, nossa, obrigada pelo comentário. Sabe, pra mim também não foi nada fácil ter que morar em SP. Posso dizer que nos meus primeiros anos em SP, transformei no que eu não queria. Só mudei pra valer depois do divórcio, quando percebi que minha vida tinha chegado no limite… no limite do consumismo, no limite do estresse… Às vezes me sinto como se estivesse remando contra a maré por não valorizar o que a maioria valoriza (expor a vida no facebook, ter um carro bacana, roupa da moda, filhos com roupinhas de boneca), mas quando leio comentários como o seu, vejo que não estou sozinha e que tem muita gente sim, que valoriza essas pequenas coisas. Hoje você alegrou ainda mais o meu dia. Obrigada!

  3. Pingback: Retrospectiva dos meus posts de 2015 | VIVER SEM PRESSA

  4. Pingback: Festa de aniversário minimalista em casa: aniversário de 1 ano | VIVER SEM PRESSA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s