Utilizando bandejas para organizar a bagunça 

Não tem jeito…

Alguns lugares da minha casa continua sempre bagunçado. Eu me esforço para manter arrumado, mas depois de alguns dias volta tudo outra vez.

Pra sanar esse problema de uma vez por todas, eu comprei algumas bandejas em MDF para espalhar pelos cômodos da casa. São eles:

  • Para organizar a pia do banheiro
Pia do banheiro - ANTES

Pia do banheiro – ANTES

Pia do banheiro - DEPOIS

Pia do banheiro – DEPOIS

Pia do banheiro - DEPOIS

Pia do banheiro – DEPOIS

  • Para organizar a bagunça do “aparador
Aparador - ANTES

Aparador – ANTES

Aparador - DEPOIS

Aparador – DEPOIS

  • Para organizar os remédios de uso diário que ficam em cima da mesa
Remédios - ANTES

Remédios – ANTES

Remédios - DEPOIS

Remédios – DEPOIS

  • Para organizar a bagunça do criado-mudo
Criado-mudo - ANTES

Criado-mudo – ANTES

Criado-mudo - DEPOIS

Criado-mudo – DEPOIS

~ Guta ~

Piquenique no gramado do CCSP

ccsp1

Se você mora perto do Centro Cultural São Paulo (estação Vergueiro do Metrô), não precisa ir até um parque para poder sentar num gramado.

Na laje do Centro Cultural há um espaço enoooorme com grama e também uma horta comunitária.

Eu já sabia da existência, mas nunca tinha tido oportunidade de subir até à laje.

Esse final de semana fui lá e o clima era de pura descontração: várias pessoas sentadas na grama, com bebê de colo, grupo de amigos, pessoas namorando, estudando, dançando (sim, dançando), pessoas lendo um livro, tirando um cochilo, fazendo piquenique, crianças rolando na grama, brincando de pega-pega…

Algumas pessoas vieram puxar conversa, fiquei surpresa, porque geralmente em São Paulo cada um fica mais na sua. O bom é que se ficar com fome tem uma lanchonete no térreo que tem uns salgados maravilhosos. Enfim, eu adorei e com certeza voltarei mais vezes.

ccsp2

ccsp3

~ Guta ~

Truques para aproveitar e organizar espaços da casa com um bebê pequeno

Oi pessoal!

Como passaram o Dia dos Pais? Meu marido passou o primeiro dia como pai, foi bem legal.

Vocês sabem que por enquanto ainda continuo no meu apartamento de 1 dormitório. O espaço está ficando pequeno a cada dia que passa, e já estou procurando um apartamento de 2 dormitórios em algumas imobiliárias, mas sem pressa. Se eu conseguir me mudar no ano que vem, estarei feliz.

Com a chegada de uma bebê, tive que pensar muito de que forma reorganizaria a nossa casa e como iria acomodar o berço, a banheira, o carrinho, as roupinhas, as fraldas entre todas as outras coisas que vem junto com um bebê.

Aqui em casa, tudo ainda está em constante mudança e adaptação, mas já dá para mostrar um pouco de que forma organizamos os espaços para que o lugar onde eu moro não parecesse um campo de guerra.

O mais importante é que quando era possível, pedia os presentes em cores neutras como bege, cinza claro e branco, para não causar poluição visual e não brigar com as cores da casa.

BANHEIRO

No banheiro, precisava colocar um item razoavelmente grande: a banheira.

Pedi uma banheira branca que tivesse as bordas retas porque eu tinha um objetivo: pendurar na parede…

bebe_banheiro1Fiz um furo na borda da banheira e coloquei um parafuso na parede dentro do box. Assim pude deixar a banheira pendurada sem ocupar o espaço do chão.

bebe_banheiro2SALA

Eu adoro assistir filme deitada, mas não tenho um sofá grande nem televisão no quarto. Por isso comprei um colchonete de casal e ‘escondi’ atrás da cortina (tudo bem que não está tão escondido, mas foi o lugar que achei, por enquanto).

bebe_colchão1Ficou fácil de usar, fácil de guardar. E guando a minha bebê aprender a rolar e engatinhar, posso deixar esse colchonete aberto com alguns brinquedos.

bebe_colchão2QUARTO

Como a nossa filha compartilha o quarto comigo e com o meu marido, escolhi tudo na cor branca: berço, colchão, lençóis. O que não era branco, simplesmente pintei de branco. As cores virão nos detalhes, como na manta, no cobertor, nos brinquedos.

bebe_berço1Também não coloquei itens muito decorativos ou volumosos no berço como tela mosquiteiro ou kit berço.

Como há um espaço considerável embaixo do berço, optei por aproveitar para colocar 3 caixas organizadoras para guardar as mantas e cobertores que ocupavam bastante volume na cômoda, e também alguns pacotes de fralda.

bebe_berço2Nas prateleiras acima do berço, comprei 4 caixas de madeira, só que a cor não combinou, já que era um tom de madeira. Não tive dúvidas e pintei de branco. Como a caixa é vazada, os objetos ficavam aparentes criando uma poluição visual. Costurei um saco usando um tecido bege para colocar dentro dessa caixa. Vocês podem acompanhar melhor neste post.

cesto organizado 4

cesto organizado 3As roupas da minha filha ficaram dentro do guarda-roupa, mais especificamente na parte onde pendurava as minhas calças. Comprei cabides para roupa infantil e pendurei as roupinhas, pois fica mais fácil visualizar os tamanhos e corro menos risco de perder alguma roupa, já que bebês crescem muito rápido.

Ah, como eu tenho uma máquina de lavar roupa que lava e seca, tenho quantidade reduzida de roupinhas.

Os inúmeros pacotes de fralda que ganhei, tiveram que ser separados por tamanhos, pois seria usado em períodos diferentes (como expliquei neste post).

As fraldas tamanho P estão embaixo do berço, dentro da caixa organizadora, pois assim fica fácil de pegar (o pacote aberto fica dentro da gaveta da cômoda).

bebe_berço3As fraldas tamanho M estão dentro do guarda-roupa. A previsão de uso é a partir dos 3 meses até completar 8 meses.

bebe_fraldaMAs fraldas tamanho G e GG foram ensacadas e guardadas em cima do guarda-roupa, já que a previsão de uso é a partir dos 9 meses. Quando terminar de usar as fraldas tamanho M que estão dentro do guarda-roupa, pretendo descer as fraldas G para este espaço.

bebe_fraldaGOutra coisa que estou fazendo é somente comprar as coisas que preciso no momento em que irei utilizar. Por exemplo, só vou comprar o cadeirão, os pratos e talheres infantis quando minha filha começar a incluir outros alimentos além de leite materno. Isso poupa bastante espaço em casa, pois não deixo objetos guardados por 6 meses, 1 ano sem usar.

Eu evito de comprar por impulso para não bagunçar a casa, lembrando sempre da frase “menos é mais”.

~ Guta ~

Como carregar frutas delicadas sem amassar

Eu e meu marido levamos marmita todos os dias para o trabalho, de segunda à sexta-feira.

E para que a nossa refeição seja balanceada, acrescento salada e uma fruta todos os dias para comermos na hora do almoço.

Só que sempre tive dificuldade de levar frutas delicadas como pêra, caqui, banana, porque sempre chega amassadinho no trabalho. Para quem mora perto ou vai de carro até o trabalho, isso não deve ser um problema. Mas para quem vai de transporte público, a marmita “dança” dentro da bolsa e a fruta não chega tão intacta assim no trabalho.

Das duas uma: ou eu levava para o trabalho a fruta ainda verde e esperava amadurecer durante a semana, ou levava as frutas mais firmes como maçã, goiaba, kiwi etc.

Outro dia vi uma colega de trabalho carregando uma pêra embrulhada no papel toalha dentro de um pote plástico com tampa. Ela me mostrou e a fruta estava lá, intacta.

Pensei mais um pouco e testei com sacos plásticos, para poder reutilizar várias vezes.

E deu super certo.

Pode ser que o que eu estou compartilhando aqui seja a coisa mais banal… mas pra mim foi uma baita de uma novidade, do tipo “como nunca pensei nisso antes?”.

Veja a seguir:

Primeiro, pegue um tapuer que caiba a fruta.

Primeiro, pegue um pote (com tampa) que caiba a fruta.

Em seguida, acrescente alguns sacos plásticos, o suficiente para fazer um "colchão".

Em seguida, acrescente alguns sacos plásticos, o suficiente para fazer um “colchão”.

Olha como ficou.

Olha como ficou.

Antes de colocar a fruta, eu espalho o plástico para fora para depois colocar a fruta entre os plásticos. Isso cria uma parede protetora.

Antes de colocar a fruta, eu espalho o plástico para fora para depois colocar a fruta entre os plásticos. Isso cria uma parede protetora.

E vou mergulhando a fruta junto com o plástico.

E vou mergulhando a fruta junto com o plástico.

Ficou assim.

Ficou assim.

E agora pode tampar.

E agora pode tampar.

E olha como a pêra chegou no trabalho? Intacta!

E olha como a pêra chegou no trabalho: intacta!

~ Guta ~