Economizando no lugar errado

autumncoloranalysis

Essa semana fiz uma aula de 2 horas e meia de auto-maquiagem.

Sempre posterguei esse curso por achar que podia aprender muitas coisas na internet. Até que me deu um estalo e resolvi ter a aula antes de comprar qualquer outro produto.

Nesse aula (que é individual), aprendi que usava tons de batons errados, cores de sombras que não favorecem os meus olhos e que não sabia a cor exata da minha pele. Por gostar de cores frias, usava-as na maquiagem, sendo que a minha pele fica muito mais viva ao usar cores quentes.

Onde eu quero chegar com essa história toda é que ao tentar economizar na aula de auto-maquiagem, acabei comprando muitos produtos que não ficam bem em mim, gastando dinheiro à toa. Já doei vários dos batons que não gostei, várias das sombras que pareciam que meus olhos estavam inchados, etc. Se eu tivesse feito esse curso antes, saberia quais cores eu NÃO DEVERIA comprar.

Enfim, vivendo e aprendendo.

~ Yuka ~

Anúncios

O herói não reconhecido

Uma seguradora tailandesa, a Thai Life Insurance, criou um vídeo que deu o que falar essa semana.

Com o título de “Unsung Hero”, o vídeo tornou-se viral ao mostrar um rapaz que todo dia faz algo para ajudar alguém desconhecido. Em troca, recebe emoções e consegue testemunhar a felicidade.

Eu moro em São Paulo há 10 anos e acostumei com a correria do dia-a-dia, a andar de ônibus lotado e me tornar um pouco indiferente às pessoas que ficam me empurrando ou dos carros que aceleram quando eu tento atravessar a rua. A indiferença é como se fosse uma auto-proteção… Mas me fez refletir que ao me proteger, também não consigo perceber as necessidades dos outros.

Esse vídeo me fez lembrar da bondade nas pequenas atitudes.

Um trecho do vídeo que vale a pena ser destacado: “Ele não recebe nada, não será rico, não vai aparecer na TV. Mas o que ele recebe são emoções que enchem de esperança o seu coração. Ele testemunha a felicidade. Atinge uma compreensão profunda. Sente-se amado. Recebe o que o dinheiro não compra.”

Vale a pena a reflexão.

 

~ Yuka ~